Livros para ler após uma ressaca literária!

20 abril 2016
Todos sabemos que ressaca literária é um saco. A gente olha o livro, se sente envolvido pela capa, ama a sinopse e quando tenta ler o livro de qualquer forma, a química não rola, a vontade passa e você o devolve para a estante com aquele aperto no coração. Ressaca  literária, para quem não sabe, pode começar quando você leu um livro que gostou muito, que tem todos os personagens perfeitinhos e um enredo encantador, mas como todos os outros livros, ele acabou e narrou seu grande final feliz, porém você não está preparado para isso e ainda quer continuar naquele clima envolvente da leitura. Resumindo: acaba que você não quer ler mais nada e não consegue ler mais nada.Mas calma, trouxe aqui para vocês algumas indicações de livros ótimos e perfeitos para curar essa sua ressaca literária!

1. Amanha você vai entender de Rebecca Stead
A jovem Miranda Sinclair precisa desvendar um enigma na Nova York do final da década de 1970. Em Amanhã você vai entender, seu melhor amigo é agredido na rua, um estranho pode ter invadido a casa dela e uma série de bilhetes, que ela não compreende nem tampouco sabe quem escreve, alerta sobre a morte de alguém. Alguém que ela poderá ajudar a salvar.
À medida que as mensagens chegam, Miranda percebe que quem as escreve sabe de detalhes de sua vida que ninguém deveria saber. E, conforme as peças do quebra-cabeça se encaixam, ela finalmente percebe que a resposta sempre esteve ali, bem em sua frente - mas o tempo é ardiloso: guarda hoje momentos que só amanhã você vai entender.
Amanhã você vai entender, segundo livro de Rebecca Stead, recebeu a Medalha Newbery, prêmio da American Library Association destinado às mais importantes contribuições norte-americanas à literatura jovem.
Esse é um livro muito fácil de fazer você se encantar. Tem uma narrativa simples, engraçada e que flui naturalmente ao longo da narrativa. O enredo é tão encantador que no começo você ainda não descobre a quê o livro veio, mas com o passar da leitura acaba descobrindo os objetivos do autor e a grande gama de problemas envolvidos por trás. Uma leitura ótima, que acaba te impressionando de uma forma ou outra.

2. Os Adoráveis de Sarra Manning
Jeane é blogueira. Seu blog, o Adorkable, é um blog de estilo de vida — na verdade, o estilo de vida dela — e já ganhou até prêmios na categoria “Melhor Blog sobre Estilo de Vida” pelo e Guardian e um Bloggie Award. Adora balas Haribo, moda (a que ela cria, comprando em brechós) e colorir (ou descolorir totalmente) os cabelos. Cheia de personalidade e meio volúvel, ainda assim Jeane é bacana — mesmo nos momentos em que se transforma numa insuportável. Mas, certamente, ela não olharia duas vezes para Michael. Porque Michael é o oposto de Jeane. Ele é o tipo de cara que namoraria a garota mais bonita da escola. E compra suas roupas na Hollister, na Jack Wills e na Abercrombie. Além disso, diferente de Jeane, que é autossuficiente, Michael é completamente dependente do pai, o Clínico Geral que condena açúcar, e ainda permite que sua mãe compre suas roupas! (Embora, para Jeane, o pior mesmo sobre Michael é que ele baixa música da internet e nunca paga por isso). Jeane e Michael têm pouco em comum, além de algumas aulas e uma maçante dupla de “ex” — Scarlett e Barney. Mas, apesar disso, eles não conseguem se desgrudar desde que ficaram pela primeira vez.
Esse livro é um new-adult que fala sobre um relacionamento impossível de duas pessoas que são extremamente opostas. A narrativa aposta no enredo fácil de ser lido, com mínimas dificuldades de leitura e entendimento. É engraçado, legal e faz você refletir no final. Um romance fofo, incrível e encantador.

3. Duff de Kody Keplinger
Bianca Piper não é a garota mais bonita da escola, mas tem um grupo leal de amigas, é inteligente e não se importa com o que os outros pensam dela (ou ela acha). Ela também é muito esperta para cair na conversa mole de Wesley Rush - o cara bonito, rico e popular da escola - que a apelida de DUFF, sigla em inglês para Designated Ugly Fat Friend, a menos atraente do seu grupo de amigas. Porém a vida de Bianca fora da escola não vai bem e, desesperada por uma distração, ela acaba beijando Wesley. Pior de tudo: ela gosta. Como válvula de escape, Bianca se envolve em uma relação de inimizade colorida com ele. Enquanto o mundo ao seu redor começa a desmoronar, Bianca descobre, aterrorizada, que está se apaixonando pelo garoto que ela odiava mais do que tudo.
Também com uma narrativa fácil e envolvente, Duff é um livro que aborda temáticas muito importante nas escolas e nos meio de relacionamento entre adolescentes. Fala sobre amores improváveis também e sobre grandes descobertas sobre si mesmo e sobre quem você quer ser. 

4. Fiquei com seu número de Sophie Kinsella
A jovem Poppy Wyatt está prestes a se casar com o homem perfeito e não podia estar mais feliz... Até que, numa bela tarde, ela não só perde o anel de noivado (que está na família do noivo há três gerações) como também seu celular. Mas ela acaba encontrando um telefone abandonado no hotel em que está hospedada. Perfeito! Agora os funcionários podem ligar para ela quando encontrarem seu anel. Quem não gosta nada da história é o dono do celular, o executivo Sam Roxton, que não suporta a ideia de haver alguém bisbilhotando suas mensagens e sua vida pessoal. Mas, depois de alguns torpedos, Poppy e Sam acabam ficando cada vez mais próximos e ela percebe que a maior surpresa da sua vida ainda está por vir.
Primeiramente, esse livro te faz rir e muito e é por isso que ele é ótimo para curar uma ressaca literária. A obra de Sophie Kinsella é muito grande, ampla, mas o enredo é muito simples de ser lido e entendido. É aquele tipo de livro que te faz suspirar e ansiar por um final feliz. Muito cômico, com várias reviravoltas e mancadas do personagem principal, faz você querer lê-lo mais que uma vez.

5. Anna e o Beijo Francês de Stephanie Perkins
Anna Oliphant tem grandes planos para seu último ano em Atlanta: sair com sua melhor amiga, Bridgette, e flertar com seus colegas no Midtown Royal 14 multiplex. Então ela não fica muito feliz quando o pai a envia para um internato em Paris. No entanto, as coisas começam a melhorar quando ela conhece Étienne St. Clair, um lindo garoto -que tem namorada.Ele e Anna a se tornam amigos mais próximos e as coisas ficam infinitamente mais complicadas. Anna vai conseguir um beijo francês? Ou algumas coisas não estão destinadas a acontecer? 
Eu sou apaixonada por gêneros jovem adultos e mais uma vez indico um deles para curar sua ressaca literária. Por quê? Justamente por ter uma leitura leve, sem grandes complicações e com abordagens em temas importantes como amor, sexo, amizade etc. 

6. Lola e o garoto da casa ao lado de Stephanie Perkins
A designer-revelação Lola Nolan não acredita em moda… ela acredita em trajes. Quanto mais expressiva for a roupa — mais brilhante, mais divertida, mais selvagem — melhor. Mas apesar de o estilo de Lola ser ultrajante, ela é uma filha e amiga dedicada com grandes planos para o futuro. E tudo está muito perfeito (até mesmo com seu namorado roqueiro gostoso) até os gêmeos Bell, Calliope e Cricket, voltarem ao seu bairro.Quando Cricket — um inventor habilidoso — sai da sombra de sua irmã gêmea e volta para a vida de Lola, ela finalmente precisa conciliar uma vida de sentimentos pelo garoto da porta ao lado.
Esse livro é fofo e muito carismático. Tem personagens fortes do tipo que não se adequam a sociedade mas que querem fazer a diferença. Me identifiquei muito com ele, porque apesar de todos os problemas que você pode encontrar, sempre tem alguém que está do seu lado pra te apoiar. Esse livro demonstra justamente isso e é por isso que me cativou aos pouquinhos.

7. A melhor coisa que nunca aconteceu na minha vida de Laura Tait e Jimmy Rice
Todo mundo faz planos para o futuro. Mas será que a vida sempre leva aos caminhos desejados?
Viajar pelo mundo, ter o emprego dos sonhos, um grande amor do passado. Cada um imagina que sua vida acontecerá de uma maneira diferente. Perto de completar trinta anos, Holly e Alex, que não se veem há onze anos, voltam a se encontrar por acaso.
Como o reencontro vai afetar a vida desses velhos amigos de infância?
Na adolescência a amizade escondia uma grande paixão não revelada. E que, mesmo com o passar dos anos, continuou na memória como lembrança ou arrependimento do que poderia ter sido. O que aconteceria se o destino reservasse a possibilidade de viver uma segunda chance, tanto na vida quanto no amor?
A melhor coisa que nunca aconteceu na minha vida tem esse gostinho de primeiro amor. Com um enredo leve, romântico e engraçado, este casal de protagonistas te conquistará logo nas primeiras páginas.
Esse é um romance que te prende por completo por ter muitas reviravoltas e histórias não finalizadas. Você lê ele rapidinho porque quer saber logo como termina, como as coisas se resolverão. Com personagens de apaixonar e muita história engraçada, ele me deixou com um friozinho na barriga quando comecei a ler o final. Um ótimo livro para quem gosta de romance entre amigos.

8. Quase Casados da Jane Costello 
Para Zoe Moore, o dia de seu casamento foi o mais marcante de sua vida. Ou melhor, o dia em que deveria ter se casado, mas em vez disso, foi largada no altar após sete anos de namoro. Arrasada e disposta a se recuperar, ela decide se mudar de Liverpool para os Estados Unidos e trabalhar como babá. Ao chegar em Boston, ela se depara com a esperta Ruby, prestes a completar 6 anos, o adorável Samuel, que acaba de fazer 3, e o pai deles, Ryan Miller. Seu novo chefe, além de fazer uma bagunça sem precedentes e de ter um mau humor imbatível, é incrivelmente bonito. Depois de um começo um tanto decepcionante, Zoe e Ryan começam a se entender, mas ela está prestes a descobrir que recomeços podem ser mais difíceis do que esperava.
Pense num romance bem clichê. Pois bem, Quase Casados é um clichê em mãos. Com uma história muito conhecida em filmes, ele nos trás um romance entre uma babá e seu chefe. Mas ao mesmo tempo que é bem clichê, é envolvente e muito fofo, encantador. Você quer terminar logo, quer ler de novo e é um ótimo livro para curar a ressaca literária.

9. Uma pitada de amor de Katie Fforde
Uma aspirante a cozinheira em um programa de TV. Um jurado muito atraente. Um amor proibido.
Quando Zoe Harper conquista uma cobiçada vaga em um reality show de culinária, ela mal pode esperar para pôr suas habilidades à prova. Sua principal motivação é o prêmio em dinheiro: um valor que certamente a ajudaria a abrir sua tão sonhada delicatéssen. No entanto, ela logo percebe que a competição vai muito além da cozinha. Cher, outra concorrente, está disposta a tudo para ganhar, incluindo jogar seu charme para cima dos jurados. E as coisas se complicam ainda mais quando Zoe percebe que está se apaixonando por um deles: o incrivelmente sexy Gideon Irving. Com tudo o que está em risco, os dois têm muito a perder caso se envolvam, algo que parece cada vez mais inevitável.De repente, Zoe percebe que há mais em jogo do que apenas canapés, cupcakes e técnicas de corte. Uma pitada de amor é um livro engraçado e doce na medida certa.
Que melhor maneira de curar uma ressaca literária que senão lendo um livro com comida? É perfeito! Gente, esse livro é fofo, lindo, muito cuti cuti e faz você suspirar. Uma ótima indicação para quem gosta de séries de TV sobre culinária.

Esses foram os livros que eu indico para você curar sua ressaca literária em grande estilo. São livros muito calmos, fáceis de ler e que com certeza vai fazer com que você queira voltar a ler facilmente outras obras. Tem algum livro que você leu e que curou sua ressaca? Fale sobre ele nos comentários ou deixe sua sugestão! Beijos.

6 comentários:

  1. Oii Miriã

    Dicas bem legais. Eu na verdade meio que odiei Os Adoráveis, não consegui gostar da protagonista e a leitura acabou fluindo pesada por conta disso.
    Já li também Anna e o Beijo Francês, que me deixou encantada, suspirando e sonhando com Paris. E The Duff, que certamente é um YA bem maduro e que me prendeu do principio ao fim.
    Gostei da listinha, muitos me chamaram a atenção

    Beijos

    naprateleiradealice.blogspot.com.ar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Alice, como vai?
      É normal ás vezes não nos identificarmos com os personagens principais. No caso de Os Adoráveis, eu tive que ler duas vezes para conseguir realmente gostar dos personagens. Mas depois consegui amar o livro inteiro.
      Beijos!

      Excluir
  2. Comprei Lola E O Rapaz Da Casa Ao Lado, mas ainda não li.
    Fiquei Com Seu Número é muito amorzinho, ótima leitura.
    Alguns que citou conheço só de nome, mas nunca parei para dar muita atenção rs.
    Beijo

    www.tecontopoesia.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lola e o garoto da casa ao lado é simplesmente perfeito! Muito bom, vale a pena ler <3

      Excluir
  3. Oi oi,

    adorei o post! Já li Adoráveis, Anna e Lola e são mesmo boas leituras para depois da ressaca literária! eu já vi o filme de Duff e fiquei louca para ler o livro!

    Beijos!
    Participe do sorteio do livro Minha Vez de Brilhar + Kit de Marcadores
    http://www.mademoisellelovesbooks.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana, como vai? Duff é um filme muito legal também porém ainda não li o livro, mas como tem a mesma vibe que o livro, eu fiz a indicação.
      Beijos

      Excluir

Não esqueça de deixar seu comentário, assim poderei saber se gostou ou não do post.
Aproveite e deixe seu link, para que eu possa retribuir sua visita! ❤