Categorias:

Como uma louca por livros, sempre encontro de tudo para ler, seja fantasia, aventura, ficção, romance, chick-lit... A variedade dos livros é imensa e ás vezes eu até me perco em meio a tanto gênero. Mas quem lê sempre corre o risco também de encontrar aquele livro que acaba arrancando um pedaço do nosso coração junto com a leitura. Como uma verdadeira criança que sou, a maioria dos livros que contém momentos especiais me fazem derramar lágrimas. Eu sou uma bobona mesmo! Mas é assim que acontece, e se você lê também, você sabe que é muito difícil acabar não se emocionando com os personagens e com as histórias de vida deles.

No post de hoje, vou citar os 10 livros que me fizeram chorar - de maneira estúpida, daquelas que você fica dia e noite se revirando por estar extremamente abalada. Talvez você já tenha lido o livro e tenha visto que não teria motivo para eu chorar, mas do jeito que sou, qualquer coisa é motivo para eu abrir o berreiro haha.


10. A Marca de uma Lágrima de Pedro Bandeira
Sendo um dos primeiros livros nacionais que li, o livro do Pedro Bandeira sempre me deu um gostinho de quero mais. Eu fiquei eufórica com a narrativa dele neste livro porque nunca tinha lido nada igual. A história de Isabel, a protagonista gordinha que odiava seu corpo, é daquele tipo "gente como a gente". Me vi muitas vezes sofrendo os mesmos dilemas que ela, apesar de ser extremamente magra. Além do mais, suas inseguranças em relação ao primeiro amor são bastante cativantes, fiquei muito emocionada com o descargo emocional que ela estava vivendo naquela fase de sua vida. 

Pedro me deixou babando, chorando e suspirando pela história como um todo. Amei cada diálogo, o enredo e principalmente, o mistério, deixando o romance e drama um pouco de lados, para não ficar tão clichê. A verdade é que A marca de uma lágrima foi um livro que me marcou de diversas maneiras. Eu me emocionei não somente pela vida da Isabel, mas porque sei que muitas pessoas por aí sofrem o mesmo que ela e que lutam para se sentir mais bonitas, mais desejadas, sendo que a única pessoa que precisa se sentir assim são elas mesmas. Pedro me mostrou a melhor forma disso, pois nós temos que nos amar de qualquer maneira, independente de nossos defeitos. Um livro cativante, instigante e que faz você querer mais.

9. Os Adoráveis de Sarra Maning
Apesar de muitas pessoas não terem se identificado com a personagem principal Jeane, e muitas vezes tê-la achado irritante, eu acabei gostando dela. Esse livro me fez chorar a partir do momento que Jeane cospe todos os seus medos para Michael, revelando todas as suas fragilidades e fazendo nos lembrar que apesar de Jeane se achar faz-tudo e autossuficiente, que amigos virtuais são melhores que amigos que a tenham por perto, é muito difícil você querer mudar o mundo e levar um peso tão grande nas costas com apenas 17 anos. Jeane ainda é uma jovem que precisa aprender com a vida, que precisa de colo amigo, que precisa da mãe - e mesmo que ela finja que não quer isso -, aos poucos você percebe que ela é uma menina completamente desamparada, jogada ao acaso.

Fiquei emocionada com a facilidade com que a autora fez para trazer esses pontos importantes mesmo que já no final do livro. A história toda não se resume a garota ser alguém que não se ajusta a sociedade, e sim uma garota um pouco diferente que precisa de pessoas que se importem com ela. Gostei muito da história de Jeane, apesar dela me irritar ás vezes e ser teimosa, ela é uma personagem que acabei me identificando ás vezes por sentir as mesmas inseguranças e foi por isso que chorei sim, quando li o livro pela segunda vez.

8. Esperando por você de Susane Colasanti
Esse livro é tão bom e tão tranquilo, que ficam me perguntando por que chorei com ele. Não se engane pela capa ou pela sinopse. A verdade é que esse livro me fez chorar muitas vezes ao mesmo tempo que me fazia sentir raiva. Susane trás várias situações que faz ou você se indignar ou você querer chorar. O que eu mais detesto é quando um personagem faz uma coisa errada, e faz as outras pessoas pensarem que foi outra pessoa que fez. Descobri isso no livro ao mesmo tempo que a personagem principal Marisa também. E se não bastasse, ela ainda precisa enfrentar a separação dos pais, a traição do seu namorado e lidar com o seu Transtorno de Ansiedade Generalizada. Muitas vezes me vi sofrendo com a personagem, simplesmente por ela sentir à flor da pele muitas revelações que acabaram magoando-a, sem contar que no livro, ela tem uma tendência a ficar em depressão por causa do transtorno. 

Marisa passou por muitas coisas e eu senti uma enorme empatia por ela, tanto que chorei em prol de nós duas. O livro tem cara de ser tranquilo, calmo e que rola através de um romance. Não se deixe levar pelas aparências, o livro vai muito além disso. Ele retrata friamente a vida como ela é, com suas imperfeições e injustiças e por isso acabei amando ele de todas as formas.

7. Eleanor e Park de Rainbow Rowell
Para quem já leu esse livro da Rainbow, não é muito difícil imaginar porque chorei com a narrativa. A autora criou uma personagem tão abalada emocionalmente que eu fiquei extremamente triste com as situações que ela passava em sua vida. A negligência da mãe dela foi algo que me tirou do sério, me fez ficar indignada e fez eu ter impulsos psicopatas, mas em geral, a história toda de Eleanor é extremamente emocionante. Vemos como a menina vive como pode, precariamente e mesmo assim tenta procurar as coisas boas da vida. Mas foi já no final do livro quando eu abri o berreiro e chorei muito. Vários acontecimentos são transcritos e você além de descobrir um monte de coisas que estavam sem respostas ao longo do livro, ainda fica chateada com o final abrupto e revoltante da história. Eleanor me emocionou muito, confesso. Eu imaginei-a sendo uma amiga minha e me compadeci muito de sua dor. É um livro extremamente abalador, então não se engane pela capa fofa que nem eu, o livro tem muito a te impressionar. 

6. A culpa é das estrelas de John Green
Não é segredo para ninguém o porquê desse livro fazer alguém chorar, mas apesar da morte iminente de um dos personagens principais, o que mais me deixou chorando foi ver o amor deles florescer, crescer e por último ato, sobreviver mesmo depois da morte de Augustus. Chorei muito com o ensaio do elogio fúnebre que fizeram antes dele morrer, com certeza foi uma das cenas mais importantes do livro e que deve ter deixado seu coração muito abalado assim como o meu. A culpa é das estrelas é daqueles livros que você tem que ler uma vez para nunca mais, senão vai ficar muito angustiada pelos acontecimentos e pela tristeza que sucede a leitura.

5. Um dia de David Nicholls
Taí um livro que me fez chorar como uma criança também. Eu fiquei tão abalada com o final que não consegui nem reagir ao que o autor fez - além de ter massacrado o meu coração. Se você não leu o livro ainda, não vou dizer o que acontece, mas só posso ressaltar que esse livro me mostrou o quanto a vida é injusta e o quanto perdemos tempo demais com coisas banais. Acho que depois do término dele, ainda fiquei uns bons 7 dias chorando pelos cantos. Com certeza foi uma leitura que me abalou profundamente. 

4. Pretty-Girl 13 de Liz Coley
Gosto de citar esse livro porque muita gente não conhece ele, infelizmente, então é bom para que vocês saibam que ele existem e que ele é ótimo para ler. O que me faz chorar nele? TUDO! Pois bem, o livro narra a vida da personagem principal que foi sequestrada com 13 anos e após 3 anos, ela ressurge do nada. O pior de tudo é que ela foi dada como morta, então voltar a sua antiga rotina é muito difícil, sem contar que ela não se lembra de nada do que aconteceu nestes três anos. Fazendo terapia, ela procura lembrar-se dos momentos com seu sequestrador, é aí que descobre que sua mente foi dividida em múltiplas personalidades e somente quando uma personalidade toma "a mente" dela, é que ela se lembra de alguma coisa. O livro me abalou muito, não somente pelas cenas narradas mas porque você vê o sofrimento de uma menina de apenas 16 anos. 

A narrativa não é para qualquer pessoa e por isso eu não indico a ele a todos, somente a aqueles que sabem que vão conseguir aguentar a barra de ler o livro. É um livro cativante e assim que terminei, fiquei chorando e suspirando que nem uma louca. 

3. O melhor de mim de Nicholas Sparks
Todo mundo já conhece a fama de Nicholas Sparks: o maior destruidor de corações do mundo! Já é o segundo livro dele que choro que nem uma louca, sem contar nos outros que eu já sei a história mas que ainda não li. O cara é fenomenal naquilo que faz, e infelizmente isso é deixar a gente de coração partido. Em O Melhor de Mim, eu fiquei tão abalada que entrei em uma ressaca literária daquelas... Não tinha ânimo nem para sair. Meu psicológico ficou todo modificado. 

2. Um amor de cinema de Victoria Van Jien
Esse livro li recentemente e como ele teve diversas emoções, acabei me surpreendendo com algumas e claro, deixando lágrimas caírem. É um livro com muitas reviravoltas que com certeza abalaram o leitor, no meu caso, me deixou na deprê mesmo. Mas o livro todo é magnífico, engraçado e sarcástico. Fora essa jogada da autora com um pouco de drama, o livro ficou um amor e eu amei a leitura.

1. Harry Potter e as Relíquias da Morte de J.K Rowling
E por último o livro que mais me fez chorar!!! Gente, J.K. Rowling despedaçou meu coração com as mortes seguidas nesse último volume da série Harry Potter. Chorei quando o Dobby morreu, quando o Lupin se foi... mas o que me fez mais chorar foi a morte de Snape e suas lembranças na Penseira. Foi o momento mais importante do livro, na minha opinião, quando Snape deixou de ser mal para ser visto com outros olhos. EU AMEI!!! Claro, fiquei muito triste por ele ter morrido e enquanto lia o livro, chorava e chorava, molhando as páginas. Vai continuar no meu coração a história, mas não quero passar pelo infortúnio de ler sobre essas mortes outras vez.

Espero que tenham gostado do post e também dos livros que eu escolhi. Se identifica com algum?! Deixa nos comentários sua opinião! Beijo.

Futura administradora e blogueira nas horas vagas. Chocólatra assumida, é dominada pela cafeína nos dias úteis. Ama o cheiro de terra molhada e adora o barulho da chuva. Bookaholic assumida, deseja conquistar o mundo.

24 Comentários

  1. Olá!!
    Sparks não poderia faltar, né? Nunca li um livro dele, mas o conheço pela fama de destruidor de corações, haahah.

    Beijão
    Leitora Cretina

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que a fama dele é bem merecida, Mônica. O cara simplesmente destrói sem nem ligar! Um ótimo autor por sinal.
      Beijo

      Excluir
  2. Parabéns pelo blog! Conheco quase todos da lista, e Sparks o meu favorito, já li todos livros dele. E ele arrebenta coracaoes, sabemos disso. Os dois que ainda não conhecia; Pretty Girl e Um Amor de Cinema, pretendo ler, se bem, que estou com uma lista infinita de leitura. Grata pela dica! Estou seguindo suas redes sociais, querendo e gostando, seja bem-vind@ as minhas redes também. http://www.cristinadeutsch.org/
    Saudações literárias.
    Beijos no ♥
    CD

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que conhece todos, Cris; Eu também estou te seguindo já em todas as suas redes sociais também. Nicholas é com certeza um dos meu favoritos, mas ele me faz chorar demais. Um beijo!

      Excluir
  3. Oi, Miriã!
    Apesar de ser uma chorona de carteirinha, li alguns desses livros, mas nenhum deles me fez chorar. A Culpa é das Estrelas é um livro que me tocou profundamente, mas mesmo assim eu não chorei. No entanto, quando assisti ao filme, acho que chorei tudo o que não havia chorado enquanto lia... rsrs.
    Há muitos e muitos livros que me fizeram chorar, e também há muitos outros que me fizeram rir, tipo gargalhar mesmo. Em público. Nem me pergunte sobre a vergonha... rsrs.

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caramba, Sandra, que sorte a sua! Se o livro o mínimo teor sentimental, eu já começo a me despedaçar que nem uma pamonha. Tem livros que simplesmente me arrasam! Beijo.

      Excluir
  4. eu não chorei com ACEDE, fui com tanta sede ao pote achando que era um livro de derramar litros e só achei uma leitura ok. A marca de uma lágrima é ótimo mas não me fez chorar na época em que li...
    Um dia não me fez chorar, mas o final me deixou sem palavras... e Os adoráveis... bem... eu odiei a leitura xD super arrastado, o casal não empolgava e o temperamento de Jeannie era terrível, tudo o que eu não suporto numa pessoa... ok que depois a gt entende o porquê dela agir daquela forma, mas já era tarde pra pegar empatia por ela... enfim...
    curti a postagem, qualquer hora elaboro uma listinha com os meus tb hehehe
    bjs...

    ResponderExcluir
  5. Oi!!
    Só de ler o título da postagem já fiquei tentando lembrar os livros que me fizeram chorar, como eu sou uma chorona, só posso dizer que foram muitos rsrs.
    Dos dez livros citados o único que eu li foi Harry Potter e já vou dizendo que eu li em todos os livros dessa série, mas realmente esse último despedaçou o coração de muitos leitores.
    Nunca li nada do Nicholas Sparks e não sei porque não tenho vontade ler, acho que uma das razões é por saber que sempre tem um acontecimento triste, eu li uma resenha de Eleanor e Park e fiquei com muita vontade de ler, parece ser uma história intensa e muito boa.
    Beijão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lizi, como vai? Sparks realmente faz sempre algo triste em suas obras, mas nem sempre estas coisas são ruins. Ás vezes é por ser bom demais, que você acaba se emocionando e não porque aconteceu uma tragédia. Vale a pena ler. Eleanor e Park também é legal demais! Eu gostei, só detestei o final.
      Um beijo.

      Excluir
  6. Oiiiie
    eu chorei muito no primeiro, foi o primeiro livro que li na vida hahah a culpa é das estrelas e Eleanor e Park é maravilhoso, amo os dois e Um amor de cinema é muito fofo, estou chocada com os livros que te fizeram chorar haha

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cath, como vai? Eu choro por tudo, mas esses livros foram os que praticamente me colocaram em depressão. Fiquei dias pensando na história deles haha

      Excluir
  7. Eu dificilmente choro com livros, e apesar de ter lido alguns desses que você citou eu não chorei com eles :(, mas adorei as histórias e também super recomendo!!
    Adorei o post
    Beijos

    http://blog-myselfhere.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Nossa, a marca de uma lágrima! tinha esquecido desse livro! Lembro que também chorei bastante! Vou procurar reler! Mas nessa época eu pegava livros emprestado na biblioteca da escola, então não sei se vou encontrar! Eleanor & Park eu ficava com o coração apertadinho!!! Eu só queria que as coisas ficassem bem... Não vou nem falar de HP...... :''''(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Chorona como sou, esses livros quase arrebentaram meu coração Cissa, mas a Marca de Uma Lágrima também li na escola haha foi ótimo! Vontade de ler outra vez... um beijo!

      Excluir
  9. Olá, sou bem chorona e adorei as dicas...a maioria desconhecia e já anotei os títulos. Adoro livros que emocionam o leitor.

    Abraços

    ResponderExcluir
  10. Hi baby, tudo bem? não conhecia alguns dessa lista mas fiquei bastante interessada... sou louca para ler Um Dia (sou apaixonada pelo filme) e preciso reler Eleanor e Park, tentei ler em inglês mas fiquei perdida na trama ai acabei abandonando... A Culpa é das estrelas chorei horrores! hehe

    Lilian Valentim
    http://speakcinema.blogspot.com.br/
    beijinhos

    ResponderExcluir
  11. OI. Eu também tenho uma lista enorme de livros que me fizeram chorar. De sua lista, li alguns, mas não consegui me emocionar como você, você é sensível <3

    ResponderExcluir
  12. Miriã, não sou muito de chorar em livros...
    Li A culpa é das estrelas e não consegui me emocionar.
    Fiquei mexida com o começo de As relíquias da morte e chorei com Um dia, mas foi o filme.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  13. Nossa, só de ver essa lista as lágrimas já começaram a correr hahahahah socorro! A marca de uma lágrima é muito bonito! E como resistir ao final de Harry Potter e ao Snape :''''''''''''''''''''''''(

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  14. "Um Dia", "ACEDE", "O Melhor de Mim", fato. Mas chorei no filme, não no livro. Os livros só me deixaram emocionada. Belo post! Beijos!

    Carolina Gama

    ResponderExcluir
  15. Achei interessante as suas escolhas, e me interessei bastante por pretty 13, parece intenso e forte. Já leu os 13 porquês? é lindo, sofrido e dolorosamente fantástico.
    ps: tb chorei em reliquias da morte.

    ResponderExcluir
  16. Oie, Miriã, tudo bem? Adoro seus posts. Da sua lista o único que me fez chorar foi ACEDE, mas olha: eu já chorei com vários. De soluçar mesmo, perder o chão debaixo dos pés.

    ResponderExcluir
  17. eu sou potterhead de coração mas confesso que morro de medo de terminar os livros, porque quando acabar os livros vou sentir o vazio então... dos citados conheço apenas 3: eleanor e park ainda nao li e a culpa é das estrelas abandonei

    ResponderExcluir
  18. Oiee! Olha já li alguns dos livros que você citou e realmente tem momentos emocionantes, mas não me lembro de ter passado daquele aperto no peito sabe. Um único livro me fez chorar até hoje. Um amor pra recordar do Nicholas, que li quando ainda tinha outra tradução do título. srsr.

    Mas adorei a lista. Ficou linda!
    Beijos!

    ResponderExcluir

Não esqueça de deixar seu comentário, assim poderei saber se gostou ou não do post.
Aproveite e deixe seu link, para que eu possa retribuir sua visita! ❤