Logo



Posts Recentes

[Desafio Históricos & Eu] As regras da sedução, de Madeline Hunter @Arqueiro

10 maio 2016

Título: As regras da sedução
Autor: Madeline Hunter
Lançamento: 2015
Páginas: 272
Gênero: Romance / Literatura Estrangeira
Editora: Arqueiro
Sinopse: Lorde Hayden Rothwell chega à casa de Alexia Welbourne sem aviso e sem ser convidado um homem poderoso e sedutor, movido por interesses obscuros. Sua visita anuncia a ruína financeira da família de Alexia e o fim das esperanças da jovem de um dia conseguir um bom casamento. Para se sustentar, a moça recebe a proposta de ser dama de companhia de Lady Henrietta Wallingford e preceptora de sua filha. O problema é que a oferta vem do sobrinho de Henrietta, ninguém menos que lorde Hayden.Morando na casa da tia de Rothwell, Alexia descobre que a proximidade com o homem que destruiu sua família pode ser perigosamente irresistível. Num gesto impensado, ela se entrega a ele, e ambos se veem obrigados a se casar. O que Alexia não sabe é que os atos aparentemente arrogantes de seu belo e sensual marido são motivados por uma dívida de honra que pode levá-lo a sacrificar tudo.Com tantas mágoas e segredos entre eles, o casal tem tudo para se manter afastado. Mas Hayden é um homem apaixonante e Alexia, a tentação que o faz perder a cabeça. Morando sob o mesmo teto, eles acabam se aproximando e, juntos, vão descobrir um jogo de sedução em que cada um faz as próprias regras.
 O ENREDO
Desde que seu pai morreu e não lhe sobrando nada mais do que 20 libras por ano, Alexia Welbourne acaba pedindo abrigo a seus primos, os Longworth. Durante anos eles tem vivido juntos e ela sonha que um dia irá casar com seu primo Benjamin, por quem sente grande afeição. Porém, há dois anos atrás, Ben partiu rumo a Grécia para lutar na guerra e acabou morrendo, mas seu corpo nunca fora encontrado. Desiludida com o amor, mas ainda nutrindo fortes sentimentos pelo rapaz, Alexia acaba de receber a notícia de que seus primos estão falidos. Como poderia ter acontecido isso já que os negócios da família estavam indo bem? Só poderia ter sido culpa de Lorde Hayden Rothwell, o homem frio e distante que veio lhes dar a notícia. Sem mais explicações sobre o que aconteceu, Alexia acredita cegamente que o homem contribuiu para a ruína da família dos Longworth e passa a odiá-lo.

Sem querer ser mais um fardo para a família em meio a miséria que ameaça vir com a falência, Amelia procura, em outras opções, algum caminho para seguir. Acontece que apesar de Lorde Hayden Rothwell ter levado a notícia a família, ele não teve nada a ver com a ruína dos primos de Amelia, mas como poderia provar sua inocência já que jurou que não diria nada sobre o caso a ninguém? Tudo o que pode fazer é tentar ajudar ao menos a moça, que está sem saída e não sabe para onde ir. Sua tia Henrietta acaba de se mudar para Londres e necessita de uma preceptora para sua filha e Amelia passa a ser a pessoa ideal para realizar essa função. Por muito ela reluta, mas vendo suas poucas opções acaba aceitando.

Apesar da aproximação de ambos, Alexia não consegue ficar no mesmo ambiente que Hayden e os dois acabam soltando farpas quando se esbarram. Mas com isso, as faíscas e a tensão sexual entre os dois é muito grande e impossível de resistir e sempre que podem, acabam se deixando levar pelo desejo. Como consequência disso, os dois se casam mas as coisas não parecem que irão melhorar. . Os sentimentos são conflitantes: de uma lado Alexia luta contra o carinho que sente por Hayden em meio as noites que ambos compartilham em sua cama, mas do outro está a família que ele arruinou e na qual ela faz parte. Sem contar que ainda se sente mexida por Ben, mesmo morto. E agora, qual lado ela deve se aliar?


PRIMEIRAS IMPRESSÕES DA OBRA
Eu já havia lido esse livro mas resolvi reler para poder resenhá-lo para vocês já que comprei o segundo livro recentemente. Se caso você for ler, é ideal que leia na ordem porque os acontecimentos são corridos e os finais de cada livro se junta ao começo do próximo. Madeline Hunter é uma ótima escritora, trás em seus livros muito mais do que romance e somos banhados por diversos dramas em meio a história. Eu adorei reler o livro porque me lembrou de partes que havia esquecido e acabei por me apaixonar mais uma vez pela autora. É um livro pouco conhecido mas não deixa de ser igual aos outros, a diferença crucial entre eles é que a autora dramatiza a obra com mistério e uma trama pra lá de envolvente.

Alexia é uma dama, filha de um cavalheiro, mas apesar disso não possui mais nada do que uma parca renda que recebe por anos. Assim que seu pai morreu, ela foi acolhida por seus primos e acabou se apaixonando por um deles, o Benjamin. Mas apesar das promessas que este lhe fez, ele acabou morrendo sem antes cumpri-las e agora com a falência iminente da família, ela não sabe mais o que fazer ou para onde ir. Mas uma proposta tentadora de Lorde Hayden faz com que ela visualize uma luz. O único problema é que ela acredita que foi ele o culpado pela situação de seus primos e nunca o perdoará.

‘‘O coração humano pressente que o sofrimento está chegando com tanta certeza quando um cavalo percebe uma tempestade que se aproxima.’’

Em relação ao real motivo da falência dos Longworth, aqui está um grande mistério. Claro que já sabemos o porquê deles falirem já nas primeiras páginas, mas a autora nos reservou muito mais surpresas sobre o assunto do que isso. Entramos em um mundo de negócios, onde ela retrata muito bem como eram essas tramitações naquela época, dando mais ainda veracidade a história. Hayden é um homem muito sério e muitas vezes comparado a seu pai, é um homem muito frio. Quando está passando por problemas, gosta de se isolar e ficar recluso com seus números e contas matemáticas. De cara eu já gostei dele porque o livro inteiro ele foi honroso e muito fiel a sua palavra. A maneira como ele se apega a Alexia é encantadora e muito romântica. 

Alexia é uma mulher forte, trabalhadora e determinada e apesar de ainda nutrir sentimentos por Ben, ela não se deixa enganar por eles, diferentemente de muitos outros personagens femininos que acabam acreditando em coisas impossíveis por causa de um amor. Ela, apesar de ser comum, mostrou que tem garra, que sabe ser sensual quando quer e que para dominá-la, precisa de um país inteiro para isso. Mesmo com várias intrigas entre os dois, eles não podem negar que se sentem atraídos um pelo outro e acabam se entregando a uma paixão libertadora. Cumprindo com seus deveres, Hayden pede que ela se case com ele e ela acaba fazendo isso, mas em meio ao ressentimento dos primos de Alexia, a vida do casal passa por momentos conturbados que somente são melhorados em cima de uma cama. E não fica somente por aí. A narrativa promete muito mais surpresas do que você imagina, fazendo o leitor ansiar pelo final. Eu amei cada segundo do livro e da riqueza de detalhes que Madeline se empenhou em mostrar.

‘‘Ela já sabia que, na vida, quando se desce um degrau, o motivo não importa. O estrago no orgulho era o mesmo, independente da causa. A pessoa podia enfrentar isso com elegância ou com amargura.’’

CRÍTICAS E CONCLUSÕES

O livro é um emaranhado de emoções que eu amei mais uma vez em ler. Me emocionei, chorei e melhor ainda, me apaixonei por cada pedacinho da obra que me foi apresentada. Hunter tem um talento nato não somente para fazer romances de época, mas por trazer uma trama por trás envolvida, fazendo com que o livro não seja somente um clichê. Com certeza vale a pena a leitura e já estou louca para terminar o segundo, já já trago a resenha para vocês!
Minha evolução do desafio:
  • Ler um Romance Histórico com um casal na capa. (O Príncipe dos Canalhas)
  • Ler um Romance Histórico nacional.
  • Ler um Romance Histórico clássico.
  • Ler um Romance Histórico em que o mocinho seja guerreiro.
  • Ler um Romance Histórico com a temática casamento. (Ligeiramente Casados)
  • Ler um Romance Histórico com mais de 500 páginas.
  • Ler um Romance Histórico de banca.
  • Ler um Romance Histórico com a capa masculina.
  • Ler um Romance Histórico ambientado no século 19. (Um Beijo Inesquecível)
  • Ler um Romance Histórico que você comprou pela capa. (As Regras da Sedução)
  • Ler um Romance Histórico que o título comece com a inicial do seu nome.
  • Ler um Romance Histórico sobrenatural/fantasia.

2 comentários • DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO TAMBÉM

  1. Gostei da resenha! Já ouvi falar dela e dos livros dela. Tenho curiosidade em ler sobre ela. Lendo a resenha, minha curiosidade subiu mais ainda e espero ler e gostar do livro!

    http://umjovemnomundodasleituras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Primeiramente, amei seu blog! Tudo lindo, desde o layout ao conteúdo! Achei essa maneira de fazer resenha muito diferente e interessante! Agora vamos a resenha: Adorei! Eu tenho um precipício por romances históricos! Principalmente aqueles em que a heroína é forte e tem uma mente aberta! Ao que parece é o caso desse romance!
    Parabéns pela resenha!
    Ficaria grata se você pudesse conhecer o meu blog!
    Abraço!

    livrosemcena.blogspot.com

    ResponderExcluir

Não esqueça de deixar seu comentário, assim poderei saber se gostou ou não do post.
Aproveite e deixe seu link, para que eu possa retribuir sua visita! ❤