Logo



Posts Recentes

7 assuntos que eu evito em livros

06 junho 2016


Sempre tem algum gênero que não gostamos, isso é fato. Ás vezes não nos sentimos bem com a abordagem da coisa toda ou do tema desenvolvido e optamos por não ler. Muitas vezes isso aconteceu comigo. Perdi as contas de quantos livros evitei  por se tratar de algum assunto que eu não gosto e continuamente tenho evitado. Tem vezes que eu enjoo tanto que nem dou chance a livros ótimos justamente por ter esse probleminha com temática. Neste post eu selecionei 7 assuntos retratados nos livros que eu tenho evitado recentemente, seja pela densidade do assunto ou pelo o que ele me faz sentir. Se caso você também tiver probleminha com algum deles, deixe sua opinião nos comentários e compartilhe comigo outros que você tenha também.

7. Vampiros, anjos e demônios. 

Vou primeiro falar do assunto que faz séculos que não leio sobre. Desde que Crepúsculo ganhou fama em 2012, parece que milhares de pessoas resolveram amar vampiros e autores passaram a inventar mil e umas histórias diferentes sobre o tema. Foi uma febre tão grande que eu fiquei por aqui com o assunto. Disse "Cansei! Não vou mais ler.", e desde então não tenho lido nada referente ao assunto. Até tentei começar uma série mas não terminei e acabei optando por não ler.

Anjos e demônios entraram também nesse quesito. Simplesmente acho que não gosto de seres místicos ou sobrenaturais. Tentei ler um romance erótico que envolviam ambos e detestei, para mim foi dinheiro jogado fora. Sem contar que muitos são fãs de Fallen, mas eu não consegui nem chegar ao terceiro livro. Acho que o tema ficou tão sobrecarregado que acabou perdendo a graça para mim. Tenho evitado ao máximo o assunto e são poucas obras que me chamam atenção.

6. Distopia

Tá aí outro assunto que não consigo ser fã. No ano passado as distopias ganharam muito fama desde que filmes como Divergente e Jogos Vorazes foram lançados, mas como a ovelha negra que sou, também não consegui gostar do gênero. Eu já tentei ler ambos os livros e abandonei já no primeiro. Tenho A Rainha Vermelha em casa para ler mas nem sequer quis começar. O assunto simplesmente não me chama atenção! Não sei se o problema é comigo ou outra coisa, mas não consigo me sentir impelida a devorar as páginas. O único, ÚNICO, livro que me chamou atenção foi Puros, da Julianna Baggott, que até hoje espero ansiosamente a continuação. No mais, não me interesso por nenhum outro.

5. Mentiras

Eu tenho muito receio de ler livros que envolvem teias de mentiras justamente pela agonia que me traz. Eu fico inúmeras vezes imaginando e falando comigo "Vai dar merda", "Conta logo a verdade", mas parece que os personagens gostam de bater na mesma tecla e continuam fazendo a coisa errada, me levando ao ápice da ansiedade. No final já sabemos que tudo vai dar errado e passamos por aquela agonia toda depois que a verdade é descoberta. Parece filme da Sessão da Tarde! Me dá raiva, acabo ficando indignada e perco a vontade de ler. Claro que isso é uma jogada dos autores mas eu não consigo gostar dessa premissa envolta em mentiras. 

4. Doenças e perdas

EU ODEIO LIVROS COM ESSE TEMA! O motivo principal disso é que acho os livros densos demais, chega a ser caótico para mim. Mas na verdade, o lance é que sou sensível demais e me apego muito fácil a personagens. Consequentemente, acabo sofrendo horrores com as perdas e com as doenças que eles carregam porque acabo pegando suas dores. Digamos que eu tenha uma empatia enorme em relação aos personagens. Além disso, livros assim sempre tem um significado e uma lição por trás de tudo, coisa que eu amo, mas não ao ponto de me fazer chorar e ficar com a cara completamente vermelha. Sempre que posso, evito, mas vira e mexe estou abrindo exceções. 

3. Consumismo

Os livros da Bridget Jones são famosos por abordar esse tema. Quem não conhece a personagem famosa por gastar mais do que pode ganhar? Apesar de ser um ótimo tema para chick-lits, eu não consigo gostar e opto sempre por não ler obras que tratam do assunto. Acho que tenho aversão porque sempre sei que as pessoas que fazem isso sempre irão entrar numa encrenca daquelas. Para evitar toda essa dor de cabeça com os personagens, prefiro não ler.

2. Incesto

Tem um livro da Tabitha Suzuma chamado Proibido que eu quero muito ler. mas até hoje não comecei justamente pelo tema. Não que o incesto seja o tema principal, afinal, o livro fala de amor puro entre duas pessoas apesar deles serem irmãos, mas por minhas próprias crenças eu acabei tachando o livro como incesto e isso está bloqueando a minha leitura. Talvez seja preconceito meu mas é muito difícil mudar de opinião sobre uma coisa já pré-estabelecida em nossa mente. Já li inúmeras resenhas do livro e eu realmente quero ler, somente não tive coragem por não saber o que realmente vou encontrar.

1. Traições

Eu tenho AVERSÃO a livros que falam sobre traições. Não consigo gostar de pessoas que pensam em trair por não se sentirem felizes em seus relacionamentos, ou porque estão balançadas por um antigo amor. Nada justifica uma traição! Eu sempre me compadeço da pessoa traída, afinal, eu acredito que quando você está em um relacionamento sério, no mínimo você precisa ser fiel e leal e a partir do momento que algum personagem quebra essa barreira, aquela empatia que eu sentia por ele simplesmente acaba. 

Traição vai contra todos os meus princípios até porque acredito em monogamia e sempre que acontece em algum livro, eu sofro juntamente com quem é traído. Não consigo não me colocar no lugar e choro horrores quando a pessoa descobre justamente por sentir a tal da empatia. Pior ainda se for no casamento, aí que fico mais indignada ainda. Fora isso, tem vários livros que preciso ler mas que já deixam sub-entendido que algum personagem traiu alguém e eu já venho colocando ele no final da lista, justamente por odiar o assunto.

Espero que tenham gostado da minha listinha e não esqueça de deixar a opinião de vocês nos comentários. Abraço!

10 comentários • DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO TAMBÉM

  1. Haha ! Eu também evito esses assuntos em livros , principalmente quando fala sobre doenças e perdas .... me deixa para baixo ....
    Hahaha ! Eu gostei ( mentira , amei ) a rainha vermelha ....
    Um beijo estalado ;*
    girlssweeet.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É tão triste quando eles ficam doentes! Eu quase morro de preocupação e meu coração se parte quando algo acontece.
      Abraço.

      Excluir
  2. Oiii Miriã

    Nossa! Concordo na grande maioria das coisas contigo exceto em Distopia, porque eu sou fã. Até agora quase todas as que li gostei bastante.
    Realmente vampiros ficou excessivo. Tentei ler Academia de Vampiros e detestei! Crepusculo então nem tentei, só de ouvir falar ja sabia a historia inteira.
    Anjos e Demônios tampoco me chamam a atenção, embora admito que tenho aqui um livro da Jesica Shirvington que trata do assunto e sei que mais ou mais tarde poderei ler.
    Doenças, Incesto e Taição são temas tão pesados e negativos que eu passo longe. Caramba, fala sério, a vida real por si só já tem tudo isso (opa, exceto o incesto né... bom, sei lá, vai saber...) e são temas pesados, que sempre fazem a gente sofrer. Ah tô fora mesmo.

    Beijos

    naprateleiradealice.blogspot.com.ar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Alice. Concordo com você em relação ao incesto, traição e doenças. São livros pesados demais, faz a gente viver um suplício na hora de ler e perde completamente a graça por envolver coisas tão pesadas e complexas.
      Abração!

      Excluir
  3. Olá... tudo bem???
    Eu não vejo empecilho em ler livros das temáticas citadas... até porque a maioria que citou eu gosto muito... mas cada um com a sua opinião certo? Eu li o livro Proibido e pra mim foi algo inédito, porque li assim que teve o lançamento, então não sabia muito o que esperar, quando percebi a temática, fiquei com um pé atrás até porque pela criação que tive isso não fazia sentido nenhum, mas resolvi arriscar e não me arrependi... Eu amo distopia... é uma das temáticas que mais amo neste mundo todo e quando conheci a temática ela não tinha fama nenhuma, então quando peguei gosto, ela era totalmente desconhecida e quando veio o bum... fiquei feliz com mais opções de livros para ler... Sempre gostei muito de vampiros, principalmente os sanguinários... sempre tive vontade de ler livros que tivessem outro tipo de olhar para eles, acho que foi por isso que me apaixonei por crepúsculo... Eu não livro se no livro que leio tenha mentira e traição, porque as vezes adoro ler um drama... para desmitificar as leituras que geralmente faço... gosto de saber o que a mente humana pode inventar com enredos assim. Eu geralmente não leio Chick lit, mas confesso que li um nacional e que a garota era bem consumista haha... desse você não iria gostar, mas eu ri até cansar... nem liguei se ela gostava de comprar, só as trapalhadas dela, já era demais... agora Sick lit, não é uma temática que eu goste de ler, acho que só li 2 livros até hoje.... e não fiquei muito encantada, na verdade, não me senti emocionada, achei simples... prefiro filmes... eles são mais reais... deu pra perceber que eu sou completamente o oposto de tudo que citou aqui né haha... é a vida.. mas uma temática que não leio mesmo é livros com a temática espirita... eles não me prendem... não me sinto cativada em lê-los... ótima postagem... parabéns!!! Xero!

    https://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Diana. Você é realmente o OPOSTO de mim! Mas concordo com você que não gosto nenhum pouco de temáticas com espíritos. Acho que é completamente diferente daquilo que eu gosto e não tem nada a ver com minha vibe. Sem contar que também detesto livros sick-lit, são pesados demais e sempre deixam um sabor meio amargo depois que terminamos a leitura.
      Beijo!

      Excluir
  4. Oi Miriãn,

    Seu blog é lindo, adorei!
    Adorei também sua postagem, eu adoro distopias, adoro livros de fantasia, só não curto muito livros de fantasmas, gosto das lições em livros como A culpa é das estrelas, bom, dos que citou ainda não li nada de incesto, traições e consumismo, sei lá, não me chamam atenção..

    Beijos Mila
    Daily of Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu queria gostar mais de distopias mas é algo que simplesmente não me chama atenção. Mas vou tentar ler algumas que anotei aqui e quem sabe eu não mude minha opinião.
      Abraço.

      Excluir
  5. Oi Miriã,

    mas menina, você tem que me contar de onde tira tanta inspiração para postagens! Amei o tema dessa (e quero fazer algo assim lá no blog, mas pode deixar que vou citar o seu post como inspiração, claro rs). Enfim, da sua lista, também não suporto livros com traição (acho horrível demais, até na ficção) e com doença, já que histórias assim me fazem ficar triste... Contudo, não resisto a livros de vampiros e uma boa distopia, e gosto também de tramas com mentiras e segredos. Nunca li um livro que falasse sobre incesto e tenho curiosidade, apesar de que acho que não vou gostar...

    Beijos!
    Participe do sorteio de um kit de Mimos da Editora Arqueiro
    http://www.mademoisellelovesbooks.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sou muito cética quanto aos assuntos que citei acima, ou eu gosto ou eu odeio. Acredito também que é muito legal uma trama com muitas mentiras, mas contanto que fosse um suspense e não um romance. Detesto quando mentem para as pessoas mais importantes, inventando mentiras atrás de mentiras. Fora isso, amo o resto.
      Fique a vontade para fazer!
      Abraço.

      Excluir

Não esqueça de deixar seu comentário, assim poderei saber se gostou ou não do post.
Aproveite e deixe seu link, para que eu possa retribuir sua visita! ❤