[Resenha] Louras Zumbis, de Brian James @Galera Record

28 novembro 2016

Título: Louras Zumbis
Autor: Brian James
Lançamento: 2010
Páginas: 240
Gênero: -
Editora: Galera Record
Sinopse: A partir do momento que Hannah Sanders chegou à cidade, ela sentiu que havia algo errado. Muitas casas estavam à venda, e a cidade parecia infectada por um silêncio sobrenatural. E então, no primeiro dia de Hannah no colégio, ela correu para um grupo de cheerleaders, as meninas mais populares da escola. O estranho era que elas eram quase idênticas na aparência: loira, bonita, e pálida. Mas Hannah quer desesperadamente se adaptar independentemente do que seu amigo Lukas está dizendo a ela. Quando seu sonho de ser uma delas começa a se tornar realidade ela vê que isso pode ser um pesadelo!
Eu comprei esse livro recentemente na Bienal de Brasília por causa da capa, que é completamente linda e impactante. A história tem tudo para ser um daqueles filmes de sessão da tarde, e não é que tem mesmo?

Hannah já está cansada das mudanças que tem que fazer por causa de seu pai. Ele acabou abandonando o trabalho de policial devido a um incidente e por isso, os dois vivem com o pé na estrada. Chegam a uma cidade, ficam no máximo alguns meses lá, mas assim que as coisas apertam e as credores aparecem, eles dão no pé e procuram outra cidade para morar. Apesar de Hannah gostar das mudanças no início, ela está cansada de sempre ser a garota nova na cidade. Ao longo desses seis anos que ela e seu pai tem estado nessa rotina, ela espera que a próxima cidade seja seu lar definitivo.

A cidade escolhida da vez é a pacata e intrigante Maplescret. Assim que chega ao colégio, Hannah se encanta pelo grupo das líderes de torcida: todas com seus cabelos loiros impecáveis, pele de porcelana e um brilho estranho nos olhos azuis, e o mais estranho de tudo, todas tem o nome inciado com a mesma vogal "M". Como pode haver tanta perfeição em uma cidadezinha que mal aparece no mapa? Mesmo sem saber as respostas para essas perguntas, dessa vez Hannah quer fazer parte de um grupo e fará de tudo para conseguir entrar na panelinha, mas um garoto desajustado chamado Lukas insiste em dizer que essas meninas tem algo diferente e maligno, que são zumbis, e quanto menos esperar, Hannah acabará se tornando uma delas, pintando o cabelo de loiro, mudando seu nome para qualquer outro com a inicial M e se esquecendo de quem foi por completo.
Fonte: Serendipity
É difícil de acreditar e por mais que os avisos de Lukas sejam bizarros, tem algo realmente diferente com essas garotas, ao mesmo tempo,  tem algo nelas que atrai muito Hannah. O que será que irá acontecer com Hannah em sua jornada a ascensão escolar?

Eu nem preciso dizer o quanto eu devorei o livro. A história é tão diferente do que estou acostumada, que praticamente o engoli por inteiro. Hannah é uma adolescente que tem problemas de insegurança como qualquer outra, tudo o que ela quer é ser aceita, e que melhor seria se ela já fosse do time das líderes de torcida? O problema é que as louras não a querem com elas, muitas vezes são cruéis, usando e abusando dos estereótipos que vemos das garotas populares.

Lukas é aquele típico garoto que não se ajusta em nenhum lugar, e mesmo que Hannah não acredite em suas histórias, ele foi o único que a tratou bem no começo das aulas. Porém, de repente as garotas começam a se interessar por Hannah e a querem no time de líderes também, mas para que isso aconteça, ela precisará mudar o nome e pintar os cabelos de louro, além de ter que emagrecer. Hannah fará de tudo para conseguir entrar no grupo, mas será que já não é tarde demais para mudar de ideia?
O que eu achei legal na escrita do autor é que ele consegue fazer com que nos conectemos com Hannah. É ela quem narra toda a história e por isso podemos analisar melhor suas decisões e seu relacionamento com o pai. Ele, por sua vez, foi um personagem que acabou me irritando. Quem diabos viaja com a filha durante seis longos anos só porque não consegue ficar em um lugar e encarar seus problemas? Percebemos que o pai de Hannah tinha as melhores das intenções, mas seu medo e sua relutância em parar em um lugar, acabou fazendo com que seus problemas passassem a ser de sua filha também, além disso implicar em questões pessoais como a insegurança e o sentimento de aceitação por parte dos outros.

Muitas das decisões de Hannah me incomodaram, ela acredita fielmente que todos as coisas estranhas que acontecem com as líderes de torcida são normais, o que achei bem ingênuo da parte dela, mas ela acaba aprendendo na lata que nem tudo é como esperamos. O final ficou em aberto, então não sabemos o que aconteceu a Hannah e nem ao pai dela. Este fator foi principal pois deixa a história mais intrigante e envolvente. Simplesmente amei!

Louras Zumbis é um livro leve e fácil de ler, e por ter um tema completamente diferente, chama a atenção. Se você gosta de livros desse tipo, trate já de conferir essa obra.

Comentários
2 Comentários

2 comentários :

  1. Oi, Miriã.
    Gente a capa desse livro é linda. E realmente a história parece ótima, é aquele livro que a gente lê em uma tarde né.
    E sim Hannah me conquistou.
    Beijo

    Te Conto Poesia ♥

    ResponderExcluir
  2. Oi, Camila. Esse livro foi uma grande descoberta, por isso eu acabei me surpreendendo e amando. Leia se puder!

    ResponderExcluir

Não esqueça de deixar seu comentário, assim poderei saber se gostou ou não do post.
Aproveite e deixe seu link, para que eu possa retribuir sua visita! ❤

Sim, eu não sou a louca dos signos mas sou a louca dos templates. Talvez você entre aqui e veja o blog todo mudado, mas o Leitora Encantada é apenas uma extensão dos meus pensamentos, que realmente mudam com o piscar dos olhos. Espero que gostem!

Facebook

Instagram

Lendo no momento

Lendo no momento

Autores parceiros

                                            

Seguidores

Blogroll

  • Arquivos

    Link-me


    Life Style

    Tecnologia do Blogger.
     
    Todos os direitos reservados 2016 - 2017 | Logo por: MIKA CAETANO - Design E Programação: Espalhando Bonitezas