[Resenha] Maybe Not (Talvez não), de Colleen Hoover @Atria Books

07 novembro 2016
Título: Maybe not (Talvez não)
Autor: Colleen Hoover
Lançamento: 2015
Páginas: 112
Gênero: Jovem Adulto / Romance / Chick-lit / Ficção / Literatura Estrangeira
Editora: Atria Books
Sinopse: Quando Warren tem a oportunidade de viver com uma mulher como companheira de quarto, ele instantaneamente concorda. Poderia ser uma mudança emocionante. Ou talvez não. Especialmente quando essa companheira de quarto é a fria e aparentemente calculista Bridgette. As tensões estão altas e os ânimos se exaltam conforme os dois quase não aguentam ficar juntos na mesma sala. Mas Warren tem uma teoria sobre Bridgette: quem pode odiar com tanta paixão também deve ter a capacidade de amar, com tanta paixão. E ele quer ser o único a testar essa teoria. Bridgette encontrará isso em si mesma para aquecer o seu coração para Warren e finalmente aprender a amar? Talvez. Talvez não.
Quem já leu Talvez um Dia, da autora Colleen Hoover, sabe o quanto Bridgette pode ser um carrasco quando quer. A mocinha trata todos da maneira mais rude possível, sem motivo algum aparentemente. Depois do sucesso desse primeiro livro, Colleen nos presenteia com um spin-off de pouquíssimas páginas sobre o relacionamento de Warren e Bridgette.

Warren é o melhor amigo de Ridge, e juntos dividem um apartamento já que ele é o "empresário" da banda de Ridge. Seus dias são normais, calmos e sem graça até que ele encontra uma mulher dentro de seu banheiro tomando banho. O que diabos ela estaria fazendo ali? Warren então conhece Bridgette, a nova moradora de um dos quartos do apartamento. Warren surta no começo porque não quer dividir sua casa com uma mulher mas depois que olha para Bridgette duas vezes (e repara em seu corpo), ele percebe que talvez ter uma colega de quarto não seja tão ruim, não fosse por Bridette tratá-lo como se o odiasse.

Ele faz de tudo para domá-la e entendê-la, mas vendo que isso não o leva a nada, Warren começa a sacaneá-la, fazendo brincadeiras e trotes idiotas, irritando cada vez mais a moça. Ela por sua vez é uma personagem detestável no começo. Não entendia porque o ódio e o tratamento maldoso com as pessoas eram deliberados. Claro que havia um motivo por causa disso, mas até descobrimos toda a história, não achava que era aceitável seus atos.
Fonte: Myria Dinklings
Warren e Bridgette, apesar das brigas, escondem a maior tensão sexual entre eles, e por um descuido, os dois acabam dormindo juntos. Ele não quer se amarrar, ela muito menos e assim eles criam uma espécie de amizade colorida. Porém, com a chegada de Sidney a casa (protagonista do primeiro livro), vai ser difícil domar os sentimentos de Bridgette, já que ela não suporta o modo como Sidney interage com Warren (puro ciúme). Séra que Warren irá conseguir descongelar esse coração e enfim conhecer a verdadeira Bridgette?

Pois é, você precisa ler para saber mas como fica meio óbvio, já até sabemos o final dessa história. Mas mesmo assim, o legal é poder conhecer ambos os coadjuvantes de Talvez um dia. e tentar entender melhor os motivos por detrás das ações da Bridgette, que é uma verdadeira mala, mas aos poucos ela vai conquistando o leitor. Confesso que Warren teve uma paciência de Deus com ela porque se fosse eu, já teria ela mandado pastar.
Fonte: Page and Lace
No mais, a história é uma delícia, curta e gostosa de ler. Assim como todos os livros da autora, ela insere drama em sua narrativa e claro, cenas bem quentes. Para quem gostou do primeiro livro e gosta da Colleen, acho que deveria ler esse livro.

12 comentários:

  1. Olá!
    Leio tantas resenhas dos livros da Colleen Hoover, mas ainda não tenho uma obra dela.
    Leria esse livro por causa das poucas páginas. Acho que é uma boa forma de começar a conhecer a escrita da autora.
    Ah... Te indiquei para responder uma tag lá no blog.

    Abraço!
    http://tudoonlinevirtual.blogspot.com.br/2016/11/tag-liebster-award.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, obrigada por me indicar!
      Eu indico para você ler primeiro esse e em seguida ler Talvez um Dia, garanto que aproveitará muito mais a leitura.
      Beijo!

      Excluir
  2. Oi Miriã!

    Eu não li Talvez um dia, mas tenho vontade! Já gostei de Warren! E tb adoro um casal que briga mas se ama rsrsrs! Já fiquei com mais vontade ainda de ler <3

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mi.
      Já deixo claro que o livro é bem legal e depois trate de ler o primeiro livro, porque é igualmente bom e mil vezes melhor!

      Excluir
  3. Oi, Miriã!
    Engraçado que me deu mais vontade de ler esse que o próprio Maybe Someday. Loucura não.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe da promoção seis anos de Caverna Literária

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lu. Eu gosto muito do primeiro mas acho que a carga dramática dele é muito intensa e esse é mais leve, além de conter poucas páginas, então super entendo o que você sente rsrs

      Excluir
  4. Oi Miriã

    Ainda tenho Talvez um dia pendente pra ler, mas indicações e criticas boas não canso de escutar. Da Colleen so li Um Caso Perdido que eu AMEI. Espero ler os outros livros dela em breve, incluindo essa dualogia.

    Beijos

    unbloglitteraire.blogspot.com.ar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Alice. Acredito que a Colleen é uma das melhores autoras do gênero e claro, não poderia deixar de indicar essa maravilha de livro. É bem curtinho e agradável de ler.
      Beijo!

      Excluir
  5. Parece um livro bem interessante.. Nunca tinha ouvido falar em nenhum dos dois nem na autora, mas já vou adicionar a lista de presentes (por pura coincidência estava escrevendo "lista de livros pra ler" qd meu pai chegou aqui e disse "quero te dar uns presentes.." então 2 deles serão os livros já né? hahaha.. Acho que foi sinal de Deus! hahaha)
    bjss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ju. Eu amo os livros da Colleen e ela é uma referência nos gêneros young adult, então eu super indico os livros dela. Espero que você goste! Também amo ganhar livros do meu pai haha ele me dá varios.

      Excluir
  6. Oi, Miriã!!!
    Eu já li esse livro e amei <3
    Li até mesmo antes de muita gente aqui conhecer, em pfd.
    E assim como eu quis muito que Maybe Someday chegasse pra gente aqui, torço para que ele chegue também <3
    Achei super descontraído. E só Colleen mesmo pra se preocupar tanto com personagens secundários <3
    Muito amor por todos os livros dela ♥

    Beijinhos :*
    Sankas Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Thay. Pois é, aqui ele está bem traduzido mas eu também amaria ver o livro físico, estou esperando ansiosamente as editoras lançarem-o. Sem contar que a Colleen é diva, maravilhosa e sabe muito bem como escrever um livro, né?
      Beijo!

      Excluir

Não esqueça de deixar seu comentário, assim poderei saber se gostou ou não do post.
Aproveite e deixe seu link, para que eu possa retribuir sua visita! ❤