Categorias: ,

Ele podia ter tudo que quisesse. Menos ela. Blaire Wynn não teve uma adolescência normal. Ela passou os últimos três anos cuidando da mãe doente. Após a sua morte, Blaire foi obrigada a vender a casa da família no Alabama para arcar com as despesas médicas. Agora, aos 19 anos, está sozinha e sem lugar para ficar. Então não tem outra escolha senão pedir ajuda ao pai que as abandonara. Ao chegar a Rosemary, na Flórida, ela se depara com uma mansão à beira-mar e um mundo de luxo completamente diferente do seu. Para piorar, o pai viajou com a nova esposa para Paris, deixando Blaire ali sozinha com o filho dela, que não parece nada satisfeito com a chegada da irmã postiça. Rush Finlay é filho da madrasta de Blaire com um famoso astro do rock. Ele tem 24 anos, é lindo, rico, charmoso e parece ter o mundo inteiro a seus pés. Extremamente sexy, orgulha-se de levar várias garotas para a cama e dispensá-las no dia seguinte. Blaire sabe que deve ficar longe dele, mas não consegue evitar a atração que sente, ainda mais quando ele começa a dar sinais de que sente a mesma coisa. Convivendo sob o mesmo teto, eles acabam se entregando a uma paixão proibida, sobre a qual não têm nenhum controle. Mas Rush guarda um segredo que Blaire não deve descobrir e que pode mudar para sempre as suas vidas.

New adult | 192 páginas | Editora Arqueiro | Esta resenha foi postada primeiramente no blog Brilliant Diamond ❤ 

Blaire, uma garota de 19 anos acabou de chegar Na cidade de Rosemary. Ela tem passado por maus bocados: além de ter perdido a irmã gêmea em um acidente de carro onde seu pai estava dirigindo há cinco anos, ela ainda teve que lidar com o abandono dele depois e em seguida a doença de sua mãe, que a consumiu por três longos anos fazendo-a parar de estudar e a trabalhar cedo para pagar as contas de hospitais.

Agora sem ninguém e sem dinheiro, ela terá que procurar ajuda de seu pai e esse prontamente a acolhe em sua casa. Mas quando chega lá, Blaire descobre que seu pai viajou e se depara com uma festa na linda mansão comandada pelo filho de sua madrasta, Rush Finlay, que também é filho de uma estrela do rock. Desde já, Rush trata Blaire muito mal e já mostra que não está contente com a vinda dela para a casa dele, mas em um momento de remorso, ele a deixa dormir no quartinho embaixo da escada até ela arrumar outro lugar para ir.

Ela consegue arrumar um emprego mas mesmo que Rush continue a tratando mal, a atração que os dois sentem é inegável, porém Rush esconde segredos que não pode revelar por causa de Nanette, sua irmã e isso o impede de ficar com Blaire. Mas será ele conseguirá resistir aos encantos da doce Blair?

MINHA OPINIÃO 
Nesse primeiro volume da série Rosemary Beach somos banhados com cenas quentíssimas já que Rush é aquele típico bad-boy que pega qualquer pessoa que ande de saias. Já Blaire é uma pessoa doce, carinhosa e que mesmo com os traumas que viveu ao perder tantas pessoas, ela continua firme e forte e não se lamenta por nada. Apesar de ter gostado muito da história, achei o romance do casal principal rápido demais, parece que eles se resumiam a somente atração e do nada já estavam se amando.
Foto por Carla e Quim
O ponto alto do livro foi a revelação do tal segredo da Nanette, que acabou me prendendo mais ainda a leitura e fazendo eu querer continuar a ler a série. Abbi faz com que o leitor acabe odiando/amando alguns personagens tudo ao mesmo tempo! Nanette é uma cobra e pelo que percebi, ela é a vilã de toda a série. Metida, mesquinha e muito má, ela fará de tudo para que Blaire não fique com Rush.

O que realmente não gostei é que a autora poderia não ter dividido a série, até porque as páginas dos livros são pouquíssimas e não havia necessidade de criar outro volume. Fora esse adendo, gostei do livro, muito criativo, cativante e legal. As cenas são bem narradas e a história tem uma ótima estrutura, fazendo o leitor ansiar pela continuação. 

Outros livros da série

16 Comentários

  1. To louca para ler esse livro! *-*
    Beijinhoos. 💖
    Amor de Lua Azul
    Instagram - Google + - Twitter

    ResponderExcluir
  2. Oi Mi!
    Eu não gosto muito de livros com esse caráter de pegação... claro que é legal, mas tem que ter uma história maior como foco. Ainda sim esse livro parece ser bom
    Adorei sua resenha,beijinhos!
    EVENTUAL OBRA DE FICÇÃO - PARTICIPE DO CONCURSO RESPONDA E GANHE

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Roberta. Imaginei que esse livro também teria um foco maior, mas não senti isso nele, infelizmente, mesmo assim gostei muito.

      Excluir
  3. Ai amooooo essa série de livros! Só li até Amor Sem Limite e to louca pra a ler o do Rush!!! Adorei mesmoooo a resenha <3

    xox
    Próxima Primavera
    Participe do sorteio de 1 ano do blog (2 livros + brinde)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Clara. Tenho Amor sem limites mas ainda não li ainda, mesmo assim, não sou muito fã dessa série.
      Beijo!

      Excluir
  4. Oi Mi, tudo bem? Eu tenho uma super, mega queda pelos livros da Abbi, confesso! E acho a Nan uma cobra mesmo, mas estou super curiosa para ler o livro dela rsrsrsrrs

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mi. Eu não curto muito a Abbi não, mas também quero muito ler o livro da Nan pra saber quem é o coitado que vai aguentá-la.
      Beijo!

      Excluir
  5. Oi, Miriã!
    Eu digo que essa série é como uma hidra: lemos um livro dela e aparecem uns zilhões no lugar hahhahaha
    Beijos
    Balaio de Babados
    Sorteio Literário de Carnaval

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lu. Eu gostei do livro mas confesso que ele não é tudo isso que as pessoas dizem, sabe?

      Excluir
  6. eu tenho esse livro em formato digital,comprei na saraiva. Mas ainda não fiquei com vontade de ler, da a impressão que esse gênero contém sempre as mesmas histórias. No entanto, sua resenha está maravilhosa, vou dar uma chance quem sabe, vejo com outros olhos esse gênero. beijos

    Taynara Mello
    www.indicarlivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Tay. Eu confesso que só li essa obra porque havia comprado o segundo livro, mas assim, ela não é tudo isso mas também não é ruim, dá pra ler e gostar.
      Beijo!

      Excluir
  7. Oi Miriã,
    Eu já li esse livro, é aquele típico ruim, mas é bom, rs.
    Não é inovador, mas te cativa e você não consegue desgrudar!
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Alê. É exatamente isso, você resumiu tudo! Não é daqueles que te prende o fôlego, mas é bem legal ao ponto de você gostar.

      Excluir
  8. Eu ainda não li esse livro, porém entendo como é quando não tem necessidade de um autor dividir o livro em séries mas mesmo assim o faz ahuua-qq

    http://itslizzie.space/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lizzie. Acredito que a autora queria dar um gostinho a mais dos personagens para a gente, mas acho que não teve muita necessidade.
      Beijo!

      Excluir
  9. Oi Miriã

    Adorei a sua resenha. Eu já li os livros dessa série, na verdade, acabei devorando os três primeiros livros em um piscar de olhos, e concordo com você com relação ao romance acontecer de forma muito rápida. De qualquer forma, eu adorei os livros por serem um leitura gostosa e bem rápida.

    Ahh, também achei genial o gancho que a autora dá no último livro para a próxima série.

    Beijos!!
    Abobrinha com Chocolate

    ResponderExcluir

Não esqueça de deixar seu comentário, assim poderei saber se gostou ou não do post.
Aproveite e deixe seu link, para que eu possa retribuir sua visita! ❤