Categorias: , , ,

Uma garota surge de repente no caminho da adolescente Piddy Sanchez para avisá-la de que Yaqui Delgado vai acabar com ela. Piddy acabou de mudar de escola e nem faz ideia de quem seja Yaqui, muito menos do que pode ter feito de tão errado para apanhar. Mas Yaqui sabe quem ela é, e a odeia.
Piddy Sanchez não tem descanso. Ser filha de uma imigrante cubana nos Estados Unidos e crescer sem pai já era bem difícil sem ter alguém a odiando. No ensino médio da nova escola, seu corpo atraente desperta tanto os olhares dos meninos quanto o da esquentada Yaqui, que começa atacando a novata com ameaças cruéis, mas demonstra ser capaz de muito mais que isso, tornando a vida de Piddy um verdadeiro inferno dominado pelo medo. Denunciar Yaqui não é uma opção. Fugir não adianta. O importante agora é sobreviver.
O romance explora a questão do bullying nas escolas e fala de violência doméstica, assuntos que vêm sendo cada vez mais discutidos atualmente, por afetar muitas crianças e adolescentes.

Romance, young adult |  272 páginas | Editora Intrínseca

"Yaqui Delgado quer quebrar a sua cara". Esta foi a primeira frase que Piddy Sanchez escutou naquele dia no corredor da escola. Se já não bastasse ter que mudar de bairro e ser a novata na escola bem no meio do ano letivo, Piddy ainda tinha que lidar com a ameaça de uma pessoa que ela sequer conhecia. De acordo com Vanessa, a menina que lhe deu a notícia, Yaqui não gostava do balanço de seus quadris e por isso, iria colocar Piddy no lugar dela.

Piddy sempre foi uma moça magrela e alta, somente no verão é que seu corpo resolveu se desenvolver, e pelo visto, seu bumbum recém-adquirido resolveu lhe trazer problemas. Nesta história, iremos conhecer melhor essa adolescente que tenta de tudo escapar de Yaqui e do bullying, ao mesmo tempo que tem que se adaptar a uma nova casa e as novas descobertas sobre seu pai, que até então desconhecia.
Foto por Leitora Encantada
MINHA OPINIÃO
Piddy é uma adolescente que nunca conheceu o pai, e foi criada somente pela mãe, Clara, e a melhor amiga dela, Lila. O desejo de conhecer o pai sempre fora forte, mas a mãe e a tia nunca quiseram falar o porque que ele as abandonou. Em meio isso, Piddy e sua mãe acabaram de mudar de bairro. Essa nova mudança irá mexer muito com a menina, já que por ser nova na escola e ter curvas demais, ela começou a ser vítima de uma valentona chamada Yaqui.

Desesperada a evitar qualquer conflito, Piddy tenta de tudo não esbarrar com a outra menina mas isso se mostrará em vão, já que ao longo das páginas do livro, Yaqui faz cada vez mais ataques agressivos. E isso molda totalmente a liberdade e a personalidade de Piddy. Ela começa a ficar mais desleixada com os estudos porque tem medo de ir a escola, se preocupa em mudar a aparência para não chamar a atenção e começa a ficar agressiva com sua mãe em casa.
Foto por Leitora Encantada
A autora aborda o bullying de uma forma muito perspicaz, afinal, quantas pessoas sofrem deste mesmo mal por motivos pequenos e esdrúxulos? Desde quando você rebolar é motivo suficiente para alguém começar a te ameaçar? É nestas coisas que percebemos o quanto a sociedade, principalmente no âmbito escolar, está cada vez mais agressiva e extremista. Piddy é uma menina muito forte e cheia de atitude, mas depois da ameaça velada de Yaqui, nem seus amigos conseguem reconhecer esta menina que agora vive em seu corpo.

O livro também fala sobre a puberdade, os primeiros contatos dos adolescentes com a sexualidade, violência doméstica e o preconceito. A personagem principal é latina e o bairro onde ela mora também tem várias pessoas vindas da América Central e do Sul, por isso o leitor encontrará vários termos e expressões em espanhol, o que deixa a leitura mais rica em conteúdo cultural desses países.

Eu gostei muito da Piddy mas a relutância dela em dizer o que estava acontecendo para que pudessem ajudá-la me deixava indignada. Era claro que ela não conseguiria resolver sozinha a situação. A Lila foi a personagem que mais amei. Ela é daquelas que você quer ter como mãe, super engraçada, divertida e te entende muito. O Joey é um mocinho que adoraria que a autora fizesse um livro sobre ele, confesso que chorei um pouco quando ele teve que ir embora.
Foto por Leitora Encantada
Yaqui Delgado quer quebrar a sua cara é um livro adolescente mas que aborda temas que muitas vezes não gostamos de comentar e que precisam sim, serem debatidos cada vez mais.. Ele é escrito de uma maneira simples e leve, porém, tem um certo grau de densidade na obra por mostrar o quanto o bullying pode afetar de forma negativa as suas vítimas e a forma como as escolas tentam evitar isso em seus corredores. É um livro muito bom para quem gosta de young adult e de temas assim.

Futura administradora e blogueira nas horas vagas. Chocólatra assumida, é dominada pela cafeína nos dias úteis. Ama o cheiro de terra molhada e adora o barulho da chuva. Bookaholic assumida, deseja conquistar o mundo.

15 Comentários

  1. Olá Miriã, tudo bem?
    Amei a resenha, mas conheço esse livro faz tempo, e nunca tive vontade de lê-lo. Acho a história bem bacana, um assunto que precisa ser abordado, mas eu já tenho lido tantos livros assim...Enfim, quem sabe um dia né?
    Beijos!

    http://excentricagarota.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Esther. Ás vezes o mesmo tema simplesmente satura a gente né? Mesmo assim, espero que você leia um dia.

      Excluir
  2. Oi Mi! Nçao conhecia esse livro, mas achei interessante os temas abordados, aliás, bullying é sempre um tema importante pra gente debater. Gostei da indicação!!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante
    Sorteio A guerra que salvou a minha vida

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mi! Que bom que gostou, espero que te deixe com vontade de ler. É uma história bem interessante.

      Excluir
  3. Mikaaa
    Que bom ver a resenha desse livro.
    Eu tenho ele, mas não tinha lido nenhuma resenha ainda.
    Gostei de ver a sua opinião e saber um pouco mais, além da sinopse.
    Realmente, bulliyng, ainda mais em escola americana, é um tema sinistro.

    Beijooos

    www.casosacasoselivros.com
    www.livrosdateca.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Teca. Eu comprei porque amei a capa mas gostei bastante da história e tem um tema bem importante.

      Excluir
  4. Oi, Miriã.
    Eu comprei esse livro faz um tempinho, mas acabei esquecendo ele na estante, mas sua resenha me fez querer ler.
    Gosto de livro adolescentes, mas que não narra somente flores, e cada vez mais precisamos falar sobre bullying e o perigo que uma brincadeirinha pode fazer na vida de outra pessoa.
    Beijo


    Te Conto Poesia ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Camila. Podemos até pensar que os livros são bobinhos por serem adolescentes, mas nada foge do tema principal: bullying. Muito legal como a autora aborda isso.

      Excluir
  5. Ooi já tinha visto a capa do livro, mas nunca tinha lido a resenha, e posso dizer que fiquei curiosa a ler o livro!
    Adorei a resenha beijinhos bom final de semana
    http://bellapagina.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Letícia. Muito obrigada! Espero que possa ler logo.

      Excluir
  6. Oi, Mi!
    Eu até tinha esse livro, mas por algum motivo perdi a vontade de ler.
    Eu teria ficado com raiva da Piddy também, sem falar nada pra ninguém. É esse receio que faz com que os bullies incentivados a continuar praticando.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe da promoção #Sorteio1KSeguidores

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lu. Acredito que quando a gente passa por essa situações, muita coisa entra em jogo sabe? Acho que a Piddy sentiu isso.

      Excluir
  7. Oii Mi!!
    Eu quis ler esse livro assim que saiu seu lançamento no Brasil, mas depois desanimei, não sei pq isso acontece comigo as vezes. Me parece que Piddy é uma garota perdida que precisa de ajuda contra o bullying, é nessas horas que eu sempre digo, a escola tem que intervir.

    Beijinhos! Bom final de semana!
    Amanhecer Literário

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Leisiane. Eu comprei ele por ter a capa bonita, mas eu sempre animo muito com as obras e na hora de ler, não quero mais kkk D:

      Excluir
  8. Achei bem interessante o livro... o tema do bulliyng está bem em evidência.
    Blog Entrelinhas

    ResponderExcluir

Não esqueça de deixar seu comentário, assim poderei saber se gostou ou não do post.
Aproveite e deixe seu link, para que eu possa retribuir sua visita! ❤