Logo



Posts Recentes

[Resenha] A Última Casa da Rua, de Lily Blake

14 junho 2017

Título: A Última Casa da Rua
Autor (a): Lily Blake
Editora: iD
ISBN: 8516072908
Tradutor: Bernardo de Carvalho
Gênero: terror/suspense

Sinopse: No livro, os autores Lily Blake, David Loucka e Jonathan Mostow contam a história da jovem Elissa e sua mãe que, em busca de uma nova vida, encontra a casa dos sonhos em uma pequena cidade do interior dos Estados Unidos. A cidade tem um mistério: um assassinato aconteceu bem na casa ao lado.
Uma garota matou os próprios pais brutalmente e desapareceu. Hoje, quatro anos depois, apenas Ryan, o misterioso irmão mais velho, mora sozinho naquela mesma casa, sombria e esquecida no tempo. Indo contra tudo e contra todos, Elissa acaba se envolvendo amorosamente com o rapaz. O que ela não sabe é o quão perigoso esse jogo pode se tornar... Não espere ver adolescentes sendo perseguidos por forças sobrenaturais ou um desfecho daqueles que já "sacamos" ainda na metade do livro. A trama é criativa, com muitos "não acredito!" pelo meio do caminho. E a sequência final é de tirar o fôlego, com muita ação. Antes de sentir o medo... É preciso voltar para onde tudo começou.

A minha primeira resenha de livro aqui no blog vai ser um pouquinho diferente, ou seja, dois em um, pois pra quem não sabe, o livro foi baseado no filme de mesmo nome (isso mesmo, "A Última Casa da Rua"), então meu post hoje será tanto uma resenha do livro que li quanto a crítica do filme. Então sem muita enrolação, vamos começar a postagem, pois eu assim como vocês, leitores, também estou empolgado pra saber como será minha resenha/crítica do filme/livro. Se você quer saber tudo sobre o que acho de ambos, então não percam a resenha/crítica. Vamos lá?

O livro tem um início nada promissor: Elissa, uma adolescente de 17 anos e sua mãe, Sarah, em busca de uma nova vida, encontram a casa dos sonhos em uma cidade do interior dos Estados Unidos. Na cidade existem pessoas ricas e esnobes, o que é bem diferente de onde elas viviam: uma cidade com pessoas boas e que se conheciam bem. A casa para qual se mudam é a casa dos sonhos (não uma mansão, mas dá-se pra dizer que é uma mini-mansão pelo tamanho e espaçamento). Porém, há uma coisa a se saber: elas conseguem alugar a mini-mansão devido à queda do preço da casa. O motivo? Um duplo homicídio que aconteceu na casa dos Jacobsen há 4 anos atrás.

Não estão entendendo nada sobre a história, não é mesmo? Mas calma. Vamos voltar um pouquinho ao tempo. A filha mais nova do casal, Carrie Anne, de apenas 5 anos de idade, estava brincando no balanço e caiu de cabeça no chão, tendo danos cerebrais e nunca mais foi a mesma. Ela sofria de paranoias todos os dias, o que a obrigava a ter cuidados especiais. Porém, ao invés dos pais cuidarem dela, eles a aprisionavam em casa. 10 anos depois do acidente, não aceitando mais ser aprisionada, ela resolve matar os pais e desaparece sem nem deixar rastros. Após o assassinato, Ryan, o filho mais velho do casal que morava com a tia desde o incidente com a irmã, volta para a cidade, herdando a casa dos pais e encontra a irmã lá e resolve cuidar dela.

- Mas como pode? Essa menina acordou de novo? - esbravejou ele.
Mary esfregou os olhos.
- Tudo bem, tudo bem. Pode deixar que eu vou - respondeu num tom áspero. 

O casamento dos dois tinha ruído depois do acidente, o que fez com que os dois mal se falassem naquela época. Voltando à história, Ryan é malvisto por todos na cidade, por o mesmo ser um garoto quieto, calado e que mesmo após 4 anos do acidente, ainda vive na casa, o fazendo ser visto como uma pessoa misteriosa. Mas para Elissa, ele é uma pessoa boa e os dois acabam se apaixonando um pelo outro e se envolvem.

O final do livro me surpreendeu muito. Conforme você vai lendo, você vai se apegando cada vez mais a ele e não consegue mais parar, de forma que a cada leitura você quer saber mais sobre a história dos Jacobsen. Recomendo, também, à vocês, que prestem BASTANTE atenção em cada detalhe da história, a cada fala e, no final todos os pontos se encaixam.

Porém, há alguns pontos negativos para mim dar quatro estrelas para a história. Primeiro: o romance de Elissa e Ryan aparece "do nada". As cenas de romance do livro também ficou muito forçada. Parece que o autor quis dar uma "corrida" para não dar muito spoiler no filme. De qualquer forma, o suspense e a trama do livro superam esse ponto. 

Outra parte importante: sei que o filme já foi lançado, mas recomendo que leem primeiro o livro para não estragarem a surpresa final.

Ah, e só mais uma coisinha: como essa é minha primeira resenha que faço, me deem um crédito. Não achem minha resenha meia boca não. rs. Brincadeiras a parte, recomendo muuuito a leitura do livro.

3 comentários • DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO TAMBÉM

  1. Oi, Lucas!
    Todo mundo falou super bem do livro e do filme, mas nunca tive muita vontade de conferir nenhum dos dois.
    E sua resenha está ótima viu? Se você lesse a primeira que escrevi, nossa.. um horror!
    Beijos
    Balaio de Babados
    Sorteio Três Anos do blog A Colecionadora de Histórias

    ResponderExcluir
  2. Obrigado, Lu! Ainda bem que não é só eu que estou aprendendo a fazer resenha rs. Vou ler suas resenhas. Quanto ao livro, te garanto que quando você ler o livro e assistir o filme você irá amar o livro. Ele te aprende do começo ao fim e não te deixa sair da história sem conhecer a história dos Jacobsen. Mais uma vez recomendo que você leia o livro e veja o filme. Não irá se arrepender.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Oii, eu assisti o filme é fiquei muito chocada com aquela árvore. Assisti com minha irmã e nossa amiga, a casa dela era a última da rua, eu gritei muito kkkkk Ótima resenha ❤
    Beijos,
    Jardim de Palavras

    ResponderExcluir

Não esqueça de deixar seu comentário, assim poderei saber se gostou ou não do post.
Aproveite e deixe seu link, para que eu possa retribuir sua visita! ❤