A noiva devota (Família Hallinson #2) - Mari Scotti

21 julho 2017

Sinopse: Nascer um Hallinson jamais foi tão promissor como em sua geração, no entanto, carregar esse sobrenome era ao mesmo tempo uma dádiva e uma maldição para os herdeiros do amor lendário de Mical e Octávio. Tudo porque Madascocia tornou-se a cidade do casal que venceu uma maldição. Muitos curiosos passaram a visitá-la em busca de felicidade, amor eterno, casamentos duradouros e a solução para seus dilemas. Além das inúmeras superstições como passar pela sombra de um Hallinson; lançar cartas ao rio Llyin que corta a Mansão de Bousquet; as donzelas e matriarcas almejavam matrimônio com um dos jovens herdeiros.
Tentando adiar ao máximo esse desfecho, Samuel prolongou os estudos, mas, a saudade de uma donzela o faz retornar para casa antes do previsto.
É em um baile que todos os seus planos de a cortejar ruem. Flagrado em uma situação comprometedora, vê-se obrigado a se casar.
Ela sempre soube como se esconder da sociedade, como passar desapercebida entre as pessoas e não chamar atenção. Não que fosse complicado, ela era a mais nova das filhas, a menos formosa de sua casa. A que nasceu com uma ofensiva deficiência. Por acreditar que jamais seria notada, Rosalina guardou um grande segredo: seu amor por Samuel Hallinson. O que ela não esperava era cruzar o caminho do rapaz em um dos momentos mais constrangedores de sua vida e mudar seus destinos bruscamente.
Romance | 248 páginas | Editora Amazon 

Samuel Hallinson se considera sortudo por ter nascido em uma família que prezasse tanto o amor, mas ao mesmo tempo sentia que ser filho do casal que quebrou a maldição dos Hallinson teria um grande peso em suas costas. Ele sabe que as pessoas esperam muito dele e que também não se case a não ser por amor, assim como seus pais.

Sendo o segundo filho e sem direito a herdar o título assim como as riquezas do ducado da família, Samuel fez faculdade de direito e está fazendo de engenharia, mas o que ele queria mesmo era trabalhar no campo. Dando uma pausa nos estudos, ele volta à Inglaterra para cortejar a moça que tem estado em seus pensamentos: Isabel Acker. 
Foto por Leitora Encantada
Ele só não esperava que ao ajudar a irmã mais nova da moça, Rosalina, ele fosse ser pego em uma situação comprometedora e acabasse sendo obrigado a casar-se com ela. Rosalina Acker, por sua vez, sempre foi apaixonada por Samuel desde seus 6 anos de idade. Ela sabe que ele jamais olharia para ela se não fosse a situação que eles se encontraram, mas a moça, que é totalmente fora dos padrões da sociedade londrina, fará de tudo para honrar seu noivo e quem sabe, roubar seu coração também.


MINHA OPINIÃO

Já li O cobiçado da autora Mari Scotti mas nunca tinha lido um romance de época dela e só posso dizer que adorei. Esse romance foi lançado após Montanha da Lua, que conta-nos a história de Mical e Otávio, pais de Samuel. Eu não li essa obra antes e mesmo que nada tenha atrapalhado minha leitura e entendimento dos diálogos e referências, aconselho vocês a lerem na ordem.
Foto por Leitora Encantada
O livro traz personagens fantásticos e carismáticos. No começo não havia gostado de Isabel por ser tão fútil algumas vezes e sempre deixar a irmã, Rosalina, de lado, mas no fim, adorei a personagem e estou louca para que a Mari escreva um livro dela. Rosalina é uma mocinha linda, mas não tão notável quanto sua irmã. Considerada roliça por ter curvas generosas, ela ainda tem que lidar com o fato de ser manca e tentar esconder ao máximo essa deficiência. Amei essa característica dela porque desconstrói totalmente o estereótipo de mocinha dos romances de época que normalmente não tem nenhum defeito.

O que mais gostei nela é na forma como ela entendeu a situação na qual colocou Samuel, já que ele se viu obrigada a casar com ela só por uma situação que não teria importância nos dias atuais, e pontos pra ela por todas as suas atitudes que foram tomadas ao longo da história.
Foto por Leitora Encantada
Samuel também é um amor de pessoa mas sua teimosia em querer ficar com Isabel ao invés de olhar para Rosalina me irritou. Gente, como os homens podem ser tão burros? Estava na cara que ele gostava dela, mas sua cabeça insistia em dizer que  não era nada... é cada coisa! Ele também tem uma peculiaridade, e aos 20 e tantos anos, Samuel é virgem. Acreditem, é só a segunda vez que vejo um personagem de romance de época nessa condição, e ri muito com os comentários inocentes dele e da Rosa sobre isso ao longo do livro.

Todos os personagens secundários tiveram uma ótima participação, mas é claro que eu fiquei apaixonada pelo irmão mais velho do Samuel, o Gregório. Gente, que homem galanteador! O livro também fala um pouco sobre como os casamentos daquela época eram desprovidos de amor e somente eram vistos como um negócio, seja por dinheiro ou títulos.

O que Samuel e Rosalina tem em comum é que ambos são filhos que viviam na sombra de seus irmãos, o que causa insegurança e um sentimento de ressentimento em ambos. Foi legal ver a forma como eles acabaram lidando com isso e achando seu próprio brilho.

A escrita da autora é muito envolvente e eu terminei o livro em dois dias, não sei como não li antes. A história é um lindo clichê, mas com certeza aquece os corações dos apaixonados e bobos românticos assim como eu, então se você ainda não conhece a obra, não perca a oportunidade e leia.
Comentários
19 Comentários

19 comentários :

  1. to apaixonada pelo seu blog! <333

    http://www.depoisdesonhar.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Miriã!
    Eu adooooro os romances da Mari Scotti!
    Esse principalmente, me mostrou o quanto a escrita da autora amadureceu. Mas confesso que tenho uma caidinha especial pelo Octávio, rs.
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Alê. Ainda não li o livro dele mas quero muito, gostei da personalidade dele nesse livro, então imagino que seja um homem incrível também. Estou adorando os livros da Mari, tem se mostrado uma grande surpresa pra mim.

      Excluir
  3. Primeira vez que ouço falar dessa autora, mas confesso que fiquei interessada. Não leio muitos livros desse gênero, mas sou looouca pra dar uma parada e focar neles porque acho muito lindo e mágico hahah

    Beijos,
    Próxima Primavera

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Clara. Sério? A Mari é bem conhecida aqui já que também é blogueira, depois conheça mais os trabalhos dela.

      Excluir
  4. Oi, Mi!
    Eu amei esse livro! Achei ele super fofo <3 Mas quem roubou mesmo meu coração foi Gregório.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe do Sorteio de Férias: cinco livros, um ganhador!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lu. Então bate aqui amiga o/ Acho que a história dele vai ser melhor!

      Excluir
  5. Acho a capa linda e sempre bateu aquela vontade de conferir esse leitura. Depois da sua resenha a vontade de ler o livro só aumentou!!!
    Bjs
    https://eternamente-princesa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Luiza. Eu acho que posterguei demais a leitura e acabei rendida com ela, espero que leia e se apaixone também.

      Excluir
  6. Oi Mi, tudo bem??
    Eu sou bem suspeita em falar, porque amo a escrita da Mari, ela é uma mulher apaixonante e super simples. Eu adorei A Noiva Devota, claro que também gosto e Muito de Montanha da Lua, mas Samuel me conquistou, não sei... eu sou completamente apaixonada por ele... a escrita de Mari é envolvente e os personagens são bem desenvolvidos. Fico imensamente feliz por você ter curtido a leitura. Xero!

    https://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Diana. A Mari tem conquistado o coração de muitas leitoras com seus personagens fofos e maravilhosos, quero muito conhecer a história de Octávio.

      Excluir
  7. Oi, Mika!
    Eu ainda não li livros da Mari, só contos (inclusive o do Blogueiras.com, que eu amei <3), e sei que a escrita dela é maravilhosa.
    Quero muito ler A Noiva Devota, ainda mais depois da sua resenha.
    Achei uma gracinha a sinopse e amoooooooo romances de época, né?
    Ótima dica!
    Ele tem livro físico ou só ebook?

    Beijoooos

    www.casosacasoselivros.com
    www.livrosdateca.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Teca. Li em ebook mas pelo que vi, acho que tem o título impresso também, é bom você dar uma olhadinha.

      Excluir
  8. Oi Miriã! Menina, adorei sua resenha, ainda mais que você entendeu a história sem ter lido o primeiro livro! Os homens Hallinson nasceram pra ser teimosos, só digo isso hahaha. Adorei que você pontuou meus traços favoritos em ambos os personagens. Obrigada pelo carinho e espero que curta o primeiro livro tb. A história do Gregório e também a história da Isabel serão contados no próximo volume, não necessariamente como um casal, ta? Beijocas, Mari

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou deixar um trechinho do próximo volume pra você matar um pouco da curiosidade:
      "― O senhor é bastante forte, lorde Hallinson. – Isabel comentou depois que acomodei meu irmão sobre o leito. Percebi que ela observava meus braços e sorri involuntariamente. Era sempre agradável ouvir um elogio feminino, mais ainda das donzelas que não faziam ideia do que estes braços fortes poderiam lhes proporcionar.
      ― Gosto de praticar levantamento de peso. – Compartilhei. (...).
      ― Eu gosto de caminhar, dizem que fortalece as pernas.
      Meu olhar recaiu sobre a longa saia bufante que ela estava usando e não foi fácil imaginar as pernas dela. Isabel clareou a garganta, audivelmente incomodada com a minha indiscrição. Apenas sorri. A inocência dela sempre estava em evidência, exceto quando ela ignorava o decoro e me convidava para valsarmos. Ergui o olhar até encontrar a atenção dela em minhas mãos, pois havia retirado as luvas.
      ― Já imaginou como seria se homens e mulheres dançassem sem elas?
      ― Elas? – Isabel engoliu a saliva e ruborizou, indícios de que estava imaginando o mesmo que eu.
      ― As luvas – dei de ombros e não permiti que respondesse. – Tocar a pele quente, talvez até suada de outro ser humano... Faço isso o tempo todo, culpa da profissão, mas a senhorita não. Pensa em como seria?
      Isabel prendeu o ar, o gesto fez meus olhos captarem o volume em seu decote, afinal, meu rosto estava na altura de seu tronco. Imediatamente ela enlaçou as mãos à frente do corpo, parecendo nervosa.
      ― Não seria apropriado – desconversou.
      ― Não, não seria. Mas, muito curioso. Concorda?"

      Não resisti. haha.

      Excluir
    2. Oi, Mari. Obrigada por nos dar esse gostinho. Quero logo comprar Montanha da Lua e embarcar nessa leitura, assim posso entender melhor a família dos protagonistas.
      Vou adorar ler outras histórias suas!

      Excluir
    3. Miriã, posso te passar como blogueira. Me procura por inbox no face, ta?
      Só uma informação importante: a cidade é fictícia, a história não se passa na Inglaterra e por isso os costumes não são exatamente ingleses. Ta? Beijocas.

      Excluir
    4. Claro. Vou mandar um oi lá.

      Excluir

Não esqueça de deixar seu comentário, assim poderei saber se gostou ou não do post.
Aproveite e deixe seu link, para que eu possa retribuir sua visita! ❤

Sim, eu não sou a louca dos signos mas sou a louca dos templates. Talvez você entre aqui e veja o blog todo mudado, mas o Leitora Encantada é apenas uma extensão dos meus pensamentos, que realmente mudam com o piscar dos olhos. Espero que gostem!

Facebook

Instagram

Lendo no momento

Lendo no momento

Autores parceiros

                                            

Participe

Blogroll

  • Arquivos

    Link-me


    Tecnologia do Blogger.
     
    Todos os direitos reservados 2016 - 2017 | Logo por: MIKA CAETANO - Design E Programação: Espalhando Bonitezas