Um homem irresistível - Danielle Steel | Resenha

17 julho 2017
Sinopse: Conheça Maxine Williams, uma dedicada médica com três ótimos filhos, uma carreira invejável e o homem perfeito. O único problema? Seu irresistível ex-marido. Brilhante, carismático e imprevisível, Blake Williams fez fortuna como empresário e está sempre em busca de novas aventuras. Porém, ainda que pareça o homem perfeito, ele é incapaz de cumprir o papel de marido e muito menos o de pai. Por isso, Maxine, mãe de seus três filhos, divorciou-se dele há cinco anos. Desde então, ela se dedica exclusivamente à sua carreira como psiquiatra especializada em traumas infantis e adolescentes suicidas e aos filhos: Daphne, Jack e Sam. A vida de Maxine segue uma rotina rígida, sem espaço para imprevistos nem surpresas. Então tudo muda. Ela se apaixona pelo Dr. Charles West, um médico maduro e presente em sua vida, tudo o que Blake jamais foi. Ao mesmo tempo, Blake se vê responsável por uma causa humanitária quando um terremoto atinge uma área próxima a um de seus palácios, e ele precisa de Max para ajudá-lo nessa empreitada. Max, prestes a se casar, sabe muito bem o que fazer, mas será que essa iniciativa de Blake mudará o comportamento desse homem irresistível?
Chick-lit, romance, ficção | 293 páginas | Editora Record

Maxine Willians já foi casada com um dos homens mais ricos e igualmente irresistíveis de todo o mundo: Blake Willians. Depois de oito anos de casados, eles resolveram se separar amigavelmente e há cinco anos estão divorciados. Agora Maxine está pronta para outro relacionamento e conhece o médico gentil e carinhoso Charles West. Eles logo engatam um namoro e assim, Max se vê noiva.

O problema? Charles se sente inseguro em relação a Blake, já que ele e Max tem uma relação pós-divórcio maravilhoso e seus três filhos, Daphne, Jack e Sam não gostam tanto assim dele. Some isso ao fato de que seu ex-marido parece ter realmente mudado e fará com que o coração de Max volte a palpitar mais forte. O que será que ela deve fazer?


MINHA OPINIÃO

Sabe quando a sinopse te vende uma coisa e quando você lê o livro percebe que não é nada daquilo que te venderam? Um homem irresistível é justamente assim. Fiquei tão animada em ler um livro da tão aclamada Danielle Steel que comprei esse livro com grandes expectativas e acabei terminando a leitura tremendamente decepcionada. Confesso que boa parte do livro eu pulei, achei enfadonho demais mas mesmo assim persisti até o fim.
Foto por Leitora Encantada
Os personagens são bem construídos, ponto para a autora. Gostei da Maxine e da forma como ela lida com seu trabalho, já que todos os dias precisa encontrar adolescentes que tem pensamentos suicidas. Ajudar pessoas está na sua personalidade, assim como ter uma vida estável, calma e tranquila cuidando de seus filhos. O completo oposto de Blake, que acabou fazendo fortuna e com isso o gosto por viajar. Isso fez com que deixasse o casamento e os filhos de lado, criando uma barreira que ele não conseguiu mais transpassar. Os filhos e sua ex-esposa o amam, mas até eles entendem que com Blake não podem contar.

A trama tinha tudo para ser maravilhosa, mas eu achava que o foco dela seria o reaparecimento de Blake e sua possível mudança e os sentimentos de Maxine por ele voltando à tona. Na verdade, a autora vai nos narrar ainda como ela conhece Charles West e todo o foco na mudança de Blake se viu perdido. Aliás, acho que nem ouve foco já que ele só a chama para cuidar dos doentes e sobreviventes do terremoto e isso somente dura três dias. Ou seja, toda a premissa por trás do terremoto ficou em segundo plano, dando mais ênfase nesse novo relacionamento de Max. E por falar nele, que cara nojento! Detestei ele desde que apareceu, o cara é um chato, impossível gostar dele e não torcer por Blake. 
Foto por Leitora Encantada
Se vocês pensam que Blake é um cafajeste, podem tirar o cavalinho da chuva. Assim como o título, ele é literalmente irresistível, amoroso, carinhoso, fofo, sexy e rico. Só pecou realmente a partir do momento que deixou suas ambições falarem mais alto e fez-o colocar sua família em segunda lugar. Eu amei o entrosamento que ele e a Max tinham, porque é muito raro ver casais divorciados que se davam tão bem, e mais pontinhos pro Blake por sempre apoiar a Max em tudo e saber exatamente onde errou. A amizade entre eles foi linda e muito explorada aqui, coisa que eu gostei.

Acho que meu maior problema com esse livro foi a narrativa em terceira pessoa. Vejamos, eu não tenho problema algum com esse tipo de narrativa, mas a Danielle deixou super a desejar, já que não colocou aprofundamento nenhum nos sentimentos e emoções dos personagens, então era como se eles fossem feitos de pedra e só chorassem por fora. Não me senti tocada por nenhum deles porque a autora não se preocupou em criar um sentimento mais profundo para suas personalidades. Era como se um parente distante tivesse morrido: você se sente mal mas realmente não consegue se importar porque realmente não o conhece, e eu senti exatamente isso com essa leitura.
Foto por Leitora Encantada
O final foi fofo mas também mal desenvolvido, foi tudo muito rápido e não crível. A obra toda foi uma grande decepção realmente, mas achei legal os personagens já serem quase coroas, coisa que raramente vejo em histórias de romance e o foco da autora nos filhos do casal também foi legal, porque conhecemos os melhor e sua relação com ambos os pais. Não consideraria o livro um chick-lit, já que não há sequer momentos engraçados para que a obra seja divertida, então com certeza Um homem irresistível é um romance, mal construído, mas é. 

10 comentários:

  1. Oi! Já li alguns livros dela e todos tem um toque duro nos relacionamentos, por exemplo no livro "águia solitária" o homem vive em função de ser piloto e não querer ter um relacionamento, gostava de ser livre para o trabalho e isso magoou profundamente a protagonista e quando tudo parecia que ia melhorar entre os dois, tragédias acontecem, foi um livro bem tenso para mim. E creio que seja uma peculiaridade na escrita da autora, ser bem dura ao escrever e não aprofundar os sentimentos dos personagens. Eu realmente fico feliz de esta encontrando resenhas sobre seus livros, uma pena que a maioria não seja positiva. Adorei sua sinceridade. Bjos <3

    Click Literário

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Rackel. Também observei que a maioria das resenhas desse livro são negativas e entendo a opinião das pessoas. Fiquei esperando muito mais da história e a autora não trouxe nada disso, foi bem triste.

      Excluir
  2. Olá!

    Adorei a resenha, é tão triste quando um livro engana a gente pela sinopse. Eu sou terrivel nisso, e abandono logo hehe Eu espero ler outros livros dela.

    Beijão,
    Querida Cretina

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Manu. Pensei em abandonar também mas decidi pular algumas partes chatas e ir direto pra que eu queria.

      Excluir
  3. Oi Flor! Ainda não li e fui ler a resenha cheia de expectativas kkk
    Nem quero mais ler esse livro, só tenho a admitir que sua resenha ficou maravilhosa e a capa é linda!!
    Beijoss ❤
    Jardim de Palavras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Melissa. A capa engana sabe, eu achei que fosse adorar e na verdade detestei kkk infelizmente.

      Excluir
  4. Oi Mi! Eu conheci recentemente a narrativa da autora e gostei, mas acho que ela tem uma pegada muito romance de banca anos 90 e nem sempre vai agradar mesmo, principalmente se a sinopse engana! De qualquer forma eu acho que curtiria esse Blake heheheheheh

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mi. Curti demais o Blake mas parece que o livro promete muito e não consegue mostrar nada, fiquei decepcionada mas quero ler outras obras da autora.

      Excluir
  5. Oi Mi, tudo bem???
    Poxa que chato que aconteceu isso na sua leitura... é tão ruim quando vamos com muitas expectativas e nos cause frustração... bom pelo menos você curtiu um dos personagens, isso já importa... mas finais não desenvolvidos é zuado ein... Xero!!!

    https://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Diana. Acho que coloquei expectativas demais na autora e no final, ela não é tão boa assim...

      Excluir

Não esqueça de deixar seu comentário, assim poderei saber se gostou ou não do post.
Aproveite e deixe seu link, para que eu possa retribuir sua visita! ❤