Logo



Posts Recentes

Beije minha alma - Susan Mallery | Resenha

13 setembro 2017

Fool’s Gold, a cidade mais romântica da Califórnia, é o local perfeito para o encontro entre uma garota totalmente urbana e um cowboy bem rústico. Depois de passar maus bocados por ter sido boazinha demais, Phoebe Kitzke jura nunca mais fazer favores para ninguém. Mas a promessa só dura até Maya, sua melhor amiga, implorar para Phoebe ficar um tempo no rancho de sua família e ajudar a resolver um pequeno problema na forma de um cowboy alto, sexy e bastante mal-humorado. Zane Nicholson não se entusiasma nem um pouco ao saber que será o anfitrião de uma garota da cidade que nunca montou em um cavalo. Só que ele não tem alternativa. Afinal, além de Phoebe, Zane terá que dar conta de um grupo de turistas que comprou um passeio de comitiva vendido por engano no site fictício criado por Chase, seu irmão caçula. Mesmo sabendo que Phoebe fora enviada por Maya para salvar a pele de Chase, seu jeito doce e engraçado acaba conquistando o coração de pedra de Zane, o homem mais difícil de Fool’s Gold. E a medida em que os dias passam e a comitiva avança, se torna cada vez mais palpável a atração que existe entre os dois. Nos braços de Zane, Phoebe se esquece completamente da vida urbana e se sente uma garota do campo. Mas ainda que esteja certa de que Fool’s Gold é o seu novo lar, Phoebe precisa ter a garantia de que Zane será somente dela… Em “Beije minha alma”, Susan Mallery, uma das autoras de romance de maior sucesso da atualidade, presenteia seus leitores com mais uma história leve, de humor aguçado e que prende a atenção da primeira à última página.
Romance | 272 páginas | Editora HarperCollins Brasil | Nota:

Zane Nicholson é um cawboy nato e tem um racho na pequena e acolhedora cidade de Fool's Gold. Com muito esforço, ele conseguiu com que o lugar desse lucro apesar dos tantos prejuízos na época em que o herdou. Tendo criado Chase, seu irmão mais novo, praticamente sozinho, Zane quer fazer com que ele seja um homem direito e por isso, ele ás vezes é muito duro com o garoto, que só tem 17 anos. 

Chase faz muitas besteiras e em uma delas, ele acabou colocando um anúncio de férias no site do rancho, oferecendo no pacote uma viagem com a comitiva de gado do local. O problema é que o que era para ser um trabalho de escola se transformou em um problemão, já que as pessoas acabaram comprando as tais férias e Chase acabou investindo o dinheiro que recebeu delas na bolsa, e por consequentemente, perdeu.
Foto por Leitora Encantada
Ao invés de devolver o dinheiro e fazer Chase pedir desculpas, Zane resolveu fazer a tal comitiva para Chase aprender uma lição, mesmo que isso oferecesse risco já que as pessoas que compraram as tais falsas férias fossem novatas e totalmente inexperientes com gado. Entre elas está Phoebe Kitzke, amiga da ex-meia irmã de Zane e Chase, Maya. Maya sempre defendeu Chase mas dessa vez concorda que ele foi longe demais e resolve participar também da comitiva para acalmar os ânimos, e pra isso, ela pede a ajuda da Phoebe, que tem um grande coração mole e não resiste ao pedido da amiga.

Phoebe aprendeu da pior forma que ajudar as pessoas acaba sempre a fazendo a pagar um alto preço, e mesmo após quase perder sua licença de trabalho por conta disso, ela ainda assim aceitou a oferta de Maya. Quando chega a cidade de Fool's Gold, Phoebe não somente se sente atraída pela aparência nativa do rancho, mas também pelo irresistível dono do local. Ele também se sente atraído por ela, mas sabe que não poderia se envolver com a jovem e inocente moça da cidade, pois ela nunca teria seu coração, mas é claro que Zane está muito enganado e em breve, os dois irão sucumbir a paixão.

MINHA OPINIÃO

Esse é meu primeiro contato com a escrita da Susan Mallery, e não há palavras para descrever o quanto eu amei essa história. A autora é conhecida por ser uma Nora Roberts da vida, sempre publicando um livro atrás do outro, mas mesmo que isso sempre resulte em histórias ruins e mal exploradas, Susan consegue trazer o aconchego de um bom romance repleto de momentos fofos e engraçados em sua história.
Foto por Leitora Encantada
Os personagens principais são incríveis, assim como os coadjuvantes que tem muito destaque na história. O legal disso é que a autora aborda vários lados da trama, não focando somente no romance do casal, por isso teremos alguns histórias abordadas aqui. Primeiramente falando dos personagens Zane e Phoebe, que são lindos juntos. Sabe aquele casal que quando conversam tem uma química palpável que até o leitor consegue sentir isso? A todo momento queria que os dois se entregassem aquilo que sentiam e deixassem de enrola, mas o romance deles é crescente, não acontece do nada mesmo que a atração esteja lá, e esse ritmo gostoso que a autora impôs deixou a leitura mais maravilhosa ainda.

Phoebe é um coração literalmente mole. Ela sente uma necessidade enorme de ajudar as pessoas e por isso acaba se dando mal, mas é da natureza dela e dificilmente iremos chamá-la de trouxa ao longo da trama. Zane, por outro lado, é bem estilo cowboy mesmo - taciturno, sexy e totalmente do campo -. Ele ajuda as pessoas a sua volta, mesmo que não perceba isso e mesmo que seja duro com Chase, a maioria das vezes, percebemos que é no melhor das intenções, afinal, Zane não quer que o irmão cometa os mesmo erros que ele.
Foto por Leitora Encantada
Chase como sempre, é um adolescente que faz muita merda mas que tem um coração grande. Apaixonado por tecnologia e programação, o sonho dele é deixar a vida no campo e conseguir prosperar na cidade. Adorei ele e com certeza acredito que tem algum livro reservado especialmente para o personagem. Ele tem um charme natural para encantar as pessoas, assim como Zane, porém, ambos usam isso de maneira diferente.

Há outros personagens bem interessantes na trama, incluindo Eddie e Gladys, duas velhas muito engraçadas e que trazem um amor diferente a história. Também há Andrea e seu marido Martin, um casal vegetariano que acabou me irritando a paciência e também Thed e C.J., um casal que sofre com a impossibilidade de terem um bebê. É legal ver a história deles serem nos apresentadas, mas com certeza é a história de Thed e C.J. que realmente nos emociona, já que além do casal principal, conseguimos ver as inseguranças que um casal há muito tempo juntos podem ter ao saber que um de seus sonhos pode não se realizar.
Foto por Leitora Encantada
Eu queria comentar sobre todos, porque verdadeiramente adorei a forma como a autora deu espaço para cada um na história, mas não quero que esta resenha se torne enorme, então somente lendo para vocês conhecerem mais da história.

A escrita da autora é super leve e muito divertida, eu amei de verdade cada segundo que passei lendo Beije minha alma. O legal do casal principal é que a história deles não tem grandes complicações, não são pessoas que se detestam a primeiro momento, pelo contrário. O relacionamento deles é gradualmente desenvolvido de uma maneira amistosa, o que eu gostei bastante, já que estou saturada de tantos personagens que não se gostam no primeiro momento mas evoluem para algo mais.

Nem preciso deixar minha recomendação do livro para vocês, né? Leiam o quanto antes e se impressionem com a maravilhosa narrativa da Susan Mallery.

4 comentários • DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO TAMBÉM

  1. Oi, Mi!
    Adoro velhinhas que roubam a cena em histórias hahhahahaha
    Não conhecia a autora, mas depois dessa sua resenha maravilhosa vou dar uma procurada nos livros. E esse aqui realmente me conquistou. Anotei a dica.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe do sorteio de aniversário do Balaio de Babados e O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lu. As velhinhas sempre são as melhores e essas são muito divertidas e sem noção. Você iria adorar essa história.

      Excluir
  2. Olá, Miriã.
    Eu olhei o livro e pensei que fosse daqueles romances de banca, a capa lembra bastante hehe. Me interessei bastante pela história e vou anotar aqui, quero saber se o irmão aprendeu a lição hehe. E essas velhinhas sempre dão um algo a mais para as histórias.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Sil. A história foi muito bem construída, e é muito boa. A capa parece mesmo mas não é não haha

      Excluir

Não esqueça de deixar seu comentário, assim poderei saber se gostou ou não do post.
Aproveite e deixe seu link, para que eu possa retribuir sua visita! ❤