Casamentos forçados nos livros que deram certo!

24 outubro 2017

Os livros contam com mil e um enredos, que encantam e desencantam a gente dependendo de como a história é vendida, e nos romances de época, os casamentos forçados dão o que falar. O que mais vemos é que a mocinha em questão que geralmente é a que foi prometida em casamento, deseja um casamento por amor e não um que seja apenas um contrato de negócios, mas é essa convivência com o marido que faz com que a gente acabe se apaixonando pelo casal, ao mesmo tempo que eles também vão se amando.

Por isso, separei exatamente quatro livros dos romances nos quais li, onde o casamento forçado ou mesmo arranjado deu super certo de alguma forma! Nos rendendo momentos cômicos e maravilhosos durante a leitura.


Seduzida por um guerreiro escocês - Maya Banks

Quem não ama um guerreiro escocês? Geralmente conhecidos por sua brutalidade e arrogância, eles conseguem deixar as leitoras loucas de amor, e foi o caso da nossa mocinha Eveline, que após um decreto do Rei, acabou sendo obrigada a se casar com ele. E mesmo que a convivência em um novo clã, que por sinal é inimigo do seu próprio clã, Evaline não se deixa intimidar e tenta conseguir o amor de Graeme Montgomery, e quando eles resolvem se entregar ao amor, é carinho pra todo lado.

Eveline Armstrong é imensamente amada e protegida por seu clã, mas as pessoas a consideram diferente, pois apesar de ser linda e encantadora, a moça sofreu um acidente que lhe causou sequelas não só psicológicas, mas também físicas, visto que ela ficou surda. Satisfeita com sua vida reclusa, ela aprendeu a ler lábios e permitiu que o mundo a enxergasse como uma tola. Contudo, quando um casamento arranjado a torna esposa de Graeme Montgomery, integrante de um clã rival, Eveline aceita seu destino - despreparada para os deleites que viriam. Enredado pelos mistérios de Eveline, cujos lábios silenciosos são cheios de tentação, Graeme vê seu casamento ameaçado devido às rivalidades entre clãs e agora deverá enfrentar inúmeras adversidades para salvar a mulher que lhe despertou tanto amor. 

 As regras da sedução - Madeline Hunter 


As regras da sedução conta a história de Alexia Welbourne e Lorde Hayden Rotwell e toda a confusão e mistério que procedem após se conhecerem. Hayden acaba dando a terrível notícia que o irmão de Alexia acabou gastando toda a herança da família em jogos, e assim a moça se vê sozinha e sem onde ir. O problema é que ela acha que foi Lorde Hayden que tirou propositalmente a fortuna de sua família, então quando ele resolve dar um emprego a ela na casa de sua tia, ela aceita mas com grande revolta. 

Dá pra perceber que esse "ódio" que ela sente por ele não vai durar muito né? Alexia acaba se deixando ser envolvida por Hayden e entrega sua virgindade a ele, que o obriga a se casar. A convivência que antes tinha se tornado melhor ruiu completamente e os dois vão ter que ainda passar por muitos percalços para poderem ter a tão sonhada felicidade conjugal. É claro que essa história deu super certo, não só deu como foi meu favorito da autora e por isso eu super indico.  

Lorde Hayden Rothwell chega à casa de Alexia Welbourne sem aviso e sem ser convidado um homem poderoso e sedutor, movido por interesses obscuros. Sua visita anuncia a ruína financeira da família de Alexia e o fim das esperanças da jovem de um dia conseguir um bom casamento. Para se sustentar, a moça recebe a proposta de ser dama de companhia de Lady Henrietta Wallingford e preceptora de sua filha. O problema é que a oferta vem do sobrinho de Henrietta, ninguém menos que lorde Hayden.
Morando na casa da tia de Rothwell, Alexia descobre que a proximidade com o homem que destruiu sua família pode ser perigosamente irresistível. Num gesto impensado, ela se entrega a ele, e ambos se veem obrigados a se casar. O que Alexia não sabe é que os atos aparentemente arrogantes de seu belo e sensual marido são motivados por uma dívida de honra que pode levá-lo a sacrificar tudo.
Com tantas mágoas e segredos entre eles, o casal tem tudo para se manter afastado. Mas Hayden é um homem apaixonante e Alexia, a tentação que o faz perder a cabeça. Morando sob o mesmo teto, eles acabam se aproximando e, juntos, vão descobrir um jogo de sedução em que cada um faz as próprias regras.

 Ligeiramente casados - Mary Balogh

O título já diz tudo né? Ligeiramente casados é o primeiro da série Os Bedwyns e conta o casamento inesperado de lorde Aidan Bedwyn, com a irmã de um dos seus soldados, Eve. Isso tudo porque a beira da morte, o irmão da moça pediu que Aidan prometesse que cuidaria dela, fazendo qualquer coisa e para Eve não perder o único lugar que conhece como casa, ela precisaria estar casada. 

É claro que para o casamento não ser dado a mexericos, ele precisa ser consumado e é claro que é com essa consumação que o desejo aflora entre os personagens. Eu amei esse livro e sinto uma saudade enorme dessa série, que li há anos, dá até uma vontade de ler outra vez.
À beira da morte, o capitão Percival Morris fez um último pedido a seu oficial superior: que ele levasse a notícia de seu falecimento a sua irmã e que a protegesse "Custe o que custar!". Quando o honrado coronel lorde Aidan Bedwyn chega ao Solar Ringwood para cumprir sua promessa, encontra uma propriedade próspera, administrada por Eve, uma jovem generosa e independente que não quer a proteção de homem nenhum.
Porém Aidan descobre que, por causa da morte prematura do irmão, Eve perderá sua fortuna e será despejada, junto com todas as pessoas que dependem dela... a menos que cumpra uma condição deixada no testamento do pai: casar-se antes do primeiro aniversário da morte dele o que acontecerá em quatro dias.
Fiel à sua promessa, o lorde propõe um casamento de conveniência para que a jovem mantenha sua herança. Após a cerimônia, ela poderá voltar para sua vida no campo e ele, para sua carreira militar.
Só que o duque de Bewcastle, irmão mais velho do coronel, descobre que Aidan se casou e exige que a nova Bedwyn seja devidamente apresentada à rainha. Então os poucos dias em que ficariam juntos se transformam em semanas, até que eles começam a imaginar como seria não estarem apenas ligeiramente casados...

 Era uma vez um beijo - Tanya Anne Crosby

E tem mais um romance escocês para vocês! Era uma vez um beijo tem dois personagens principais fortes e teimosos, mas loucos de desejo um pelo outro. Como é comum em romances do tipo, os dois clãs precisam firmar uma trégua, e para isso, Dominique Beauchamp foi entregue ao Lord de Drakewich em casamento. O problema é que na verdade quem chama a atenção da moça é o irmão mais velho dele, Blaec d'Lucy, mais conhecido como Dragão Negro por seu porte forte e devastador.

Mas desejar a noiva do seu irmão é como uma traição e Blaec fará de tudo para tirar os olhos da Dominique, o que não é bem o que acontece. Esse foi meu primeiro contato com a escrita da Tanya e eu logo favoritei o livro de tão maravilhoso que ele é. Eu adorei a história e é mais do que indicada.
Ela veio para se casar com o irmão dele e acabou roubando o coração do Dragão...
Para resolver uma disputa, Dominique Beauchamp foi obrigada a se casar a fim de resolver os problemas das suas terras. Oferecida em casamento por seu irmão para o Lord de Drakewich, ela veio para adicionar d'Lucy ao seu nome... mas ela não contava em perder seu coração para o irmão de seu noivo..--o Dragão Negro.
Blaec d'Lucy desconfiou dela desde o início, acreditando que ela fizesse parte das perfídias infinitas do seu irmão, mas ele foi incapaz de resistir a jovem raposa de cabelo flamejante que andava tão orgulhosamente no meio deles. Era Uma Vez Um Beijo… e o amor deles foi selado.
E vocês, qual livro com casamento arranjado vocês acham que mais deram certo?! Contem nos comentários.
OBS: Todas as resenhas dos respectivos livros estão disponíveis no blog.
Comentários
18 Comentários

18 comentários :

  1. Oi Miriã, tudo bom?
    Romance histórico é o gênero que mais inventa e reinventa a questão de casamento forçado; é bem legal quando conseguem fugir de romantizar algum relacionamento abusivo e transformam isso numa relação saudável - até porque né, tem alguns livros que nem com o casamento consentido desde o começo conseguem fazer direito .-.
    Me veio à mente aqui Outlander; apesar de a Claire ter consentido desde o começo, foi um casamento 'surpresa' e deu MUITO certo com certeza.
    Quanto livro com highlander ganhando as estantes, aliás! ADORO.
    Adorei o post!

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Denise. Eu acho maravilhoso o fato das autoras estarem focando mais nos romances das highlander, já que a maioria se passa em Londres ou Paris, então a gente não vê muita diversidade. O legal dos romances de época é ver como a autora irá mudar o clichê para algo mais intenso e real, e constantemente isso vem dado certo, o que me deixa muito feliz.

      Excluir
  2. Oie
    Eu amei este livro Seduzida por um guerreiro escocês e quero muito ler os outros livros da série.

    Beijinhos
    https://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Nessa. Só li esse da série mas pretendo terminar.

      Excluir
  3. Oi, Mi!
    Menina, realmente os romances de época tem uns casamentos forçados que deram super certo. E como a Denise falou ali em cima, as autoras conseguem fazer com que seja uma relação saudável apesar de tudo.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lu. Pois é, de forçado não tem muita coisa né? O legal é justamente que a autora transforma esses casamentos em algo por amor, mudando o sentimento dos personagens.

      Excluir
  4. Olá!
    Da sua lista eu li apenas As Regras da Sedução e confesso que não curti muito... mas fiquei realmente interessada em Seduzida por um guerreiro escocês, vou colocar na lista!

    Beijão
    Leitora Cretina

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mônica. Esse Seduzida por um guerreiro escocês é maravilhoso, isso porque a mocinha tem uma característica peculiar, por isso ela agrada tanto.

      Excluir
  5. Não li nenhum desses livros, mas não curto casamentos forçados nem se derem certo. Acho que me sinto obrigada a gostar dos mocinhos e romances históricos fazem muito isso né, pelo ambiente e pela sociedade da época. Ainda bem que ainda não li algo assim porque nos Bridgertons (unicos que li do genero) sempre tem aquele amorzinho antes hahah

    Beijos
    Próxima Primavera

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Clarissa. Acho que você tem que sair da zona de conforto e ler outras coisas além da série Os Bridgertons, porque infelizmente a sociedade em 1800 era exatamente assim, os casamentos eram forçados, e os romances de época retratam justamente isso.

      Excluir
  6. Nossas, vários casamentos forçados acabam dando certo na literatura! rsrs
    Ainda n li nenhum desses, mas queria conhecer a escrita da Mary Balogh e da Madeline Hunter!
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Carol. A da Madeline é meio assim, tem alguns livros dela que são muito bons e outros não, mas eu super indico a Mary.

      Excluir
  7. Olá Miriã!
    Adorei seu post ♥️
    Dos livros escolhidos eu li apenas Ligeiramente Casados e eu gostei bastante dos personagens e da forma como o amor deles foi nascendo.
    Beijos!

    Books & Impressions

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Raíssa. Eu amei esse livro e essa série, ela é maravilhosa, espero poder reler.

      Excluir
  8. Oi, Miriã!!
    Eu não conhecia nenhum desses casais, porque infelizmente não li nenhum desses, mas morro de vontade de ler Ligeiramente casados <3
    Adorei a ideia do post, muito criativa!

    Beijinhos :*
    Sankas Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Thay. Ligeiramente casados é uma ótima opção de leitura, digo isso porque já li e com toda certeza amei!

      Excluir
  9. Oi Mi! Eu só nao li Era uma vez um beijo, mas já está na minha lista! Eu confesso que mesmo sendo um clichê eu AMO histórias assim, excelente o tema de hoje, adorei!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mi. Eu também sou apaixonada por esses clichês, e leia esse livro da Tanya que é maravilhoso <3

      Excluir

Não esqueça de deixar seu comentário, assim poderei saber se gostou ou não do post.
Aproveite e deixe seu link, para que eu possa retribuir sua visita! ❤

Sim, eu não sou a louca dos signos mas sou a louca dos templates. Talvez você entre aqui e veja o blog todo mudado, mas o Leitora Encantada é apenas uma extensão dos meus pensamentos, que realmente mudam com o piscar dos olhos. Espero que gostem!

Facebook

Instagram

Lendo no momento

Lendo no momento

Autores parceiros

                                            

Seguidores

Blogroll

  • Arquivos

    Link-me


    Life Style

    Tecnologia do Blogger.
     
    Todos os direitos reservados 2016 - 2017 | Logo por: MIKA CAETANO - Design E Programação: Espalhando Bonitezas